Ministro da Justiça -

Dino lamenta morte de policial federal na Bahia e solidariza com atingidos

O ministro da Justiça, Flavio Dino, lamentou a morte de um policial federal durante uma operação policial em Salvador, e se solidarizou com os demais policias que foram atingidos.
Dino informou que o diretor-geral da PF em exercício, delegado Gustavo Souza, vai à Bahia. 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil - 24/07/2023Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino

"para acompanhar os fatos e estabelecer as orientações cabíveis". Além do policial federal Lucas Caribé Monteiro de Almeida, quatro homens identificados como traficantes pelas autoridades também morreram.

"Minha solidariedade aos policiais federais e estaduais atingidos por tiros na manhã de hoje na Bahia, quando estavam cumprindo mandados judiciais. Infelizmente o policial federal Lucas faleceu", disse o ministro da Justiça.

As mortes ocorreram durante diligências da Operação Frauda, que uniu agentes federais e estaduais contra uma organização que trafica drogas e armas no bairro soteropolitano de Valéria.

Os policiais foram recebidos a tiros e três deles foram atingidos por balas e estilhaços, informou a Secretaria de Defesa Social da Bahia. 

O policial federal morreu no hospital, enquanto os outros dois, um policial civil identificado como Vockton Carvalho e uma policial federal identificada como Hosannah Caria Carneiro, seguem internados no Hospital Geral do Estado.

A Polícia Federal divulgou uma nota na qual expressa "seu profundo pesar" pelo falecimento do agente, e decretou luto oficial de três dias. "A PF expressa suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos enlutados", diz o texto.

O governador do estado, Jerônimo Rodrigues (PT-BA), afirmou que o crime organizado é inimigo do estado e lamentou a morte do policial
 

Fonte: FOLHAPRESS

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco