CPI da Manipulação de Resultados -

Deputado Júlio Arcoverde afirma que a CPI irá punir os responsáveis

A CPI da Manipulação de Resultados em Partidas de Futebol aprovou convites para depoimentos do presidente do Vila Nova, Hugo Jorge Bravo, autor de denúncias sobre as ilegalidades nas apostas em jogos, e autoridades de Goiás, que estão ligadas ao inquérito do caso. O depoimento deve ocorrer a partir da próxima terça-feira, dia 30. “A CPI não será covarde para não punir quem não tem culpa, mas também não será covarde para fazer prejulgamentos”, disse o deputado Júlio Arcoverde (PP-PI), presidente da comissão parlamentar de inquérito.

Foto: Instagram Reprodução
Reprodução

Arcoverde ressaltou que é de extrema importância o acesso da CPI a todos os dados da Operação Penalidade Máxima, do Ministério Público de Goiás, que iniciou as investigações. Ele informou que a CPI poderá propor aperfeiçoamentos na legislação e medidas de caráter educativo, nas categorias de base, para prevenir irregularidades.

“É obrigação de todos preservar a integridade do futebol, que ajudou a construir a identidade cultural do povo brasileiro. Vamos agir com equilíbrio e isenção”, acrescentou Julio Arcoverde. Foi aprovado, nessa primeira reunião deliberativa, o plano de trabalho da CPI, que prevê a conclusão dos trabalhos no fim de setembro deste ano. A proposta de relatório será apresentada em 18 de setembro, discutida nos dias 19 e 21 e votada nos dias 26 e 28. A CPI terá reuniões às terçasfeiras e, se necessário, às quintas-feiras.

Fonte: Jornal Meio Norte

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco