Líder do Partido dos Trabalhadores -

Cícero Magalhães discute a retirada de pré-candidato da lista proporcional do PT

O líder do Partido dos Trabalhadores (PT) em Teresina, Cícero Magalhães,  que a decisão de John Wallace de Sousa, pré-candidato a vereador, de deixar a chapa petista para se unir ao grupo proporcional do Partido Democrático Trabalhista (PDT), foi vista como uma facilidade para o grupo. Segundo Magalhães, embora o PT já tenha definido uma chapa com 26 pré-candidatos - agora reduzida a 25 após a saída de Wallace - ainda é necessário discutir com os outros dois partidos da coligação, o Partido Verde (PV) e o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), sobre a distribuição final das 30 vagas proporcionais.

Foto: André Santos (180graus)Cícero Magalhães
Cícero Magalhães

Magalhães também esclareceu que John Wallace havia afirmado que permaneceria no Partido dos Trabalhadores, porém, o líder do partido deixou claro que não há nenhum conflito com a decisão do assessor direto do governador Rafael Fonteles.

O partido dos trabalhadores tinha uma lista completa dos 26 pré-candidatos a vereador. Agora, com a saída de John Wallace, o grupo ficou com 25 nomes. Contudo, o processo para finalizar a chapa da coligação entre PV, PCdoB e PT ainda requer uma ampla discussão entre os envolvidos.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco