Cadê o Pix, Drake? -

Lollapalooza aguarda reembolso de cachê milionário por parte do cantor Drake

Cadê o Pix, Drake? Após cancelar seu show no Lollapalooza na véspera da apresentação, conforme foi noticiado com exclusividade pela coluna LeoDias, o rapper canadense ainda não devolveu o cachê milionário que recebeu para cantar em solo brasileiro. As informações são da Coluna LeoDias, Metrópoles.

Há pouco mais de uma semana, este espaço noticiou que o valor acordado entre Drake e Lollapalooza para o show em solo brasileiro era de U$ 4 milhões, equivalente a R$ 21,2 milhões na cotação atual. O valor foi pago pela produção do evento antes de Drake cancelar a apresentação.

Diferente do que costuma ser feito no Brasil, na contratação de artistas internacionais é exigido o pagamento integral do cachê antes da apresentação e essa negociação é feita através da agência que gerencia a agenda do famoso, no caso do Drake, a Creative Artists Agency (CAA). Na contratação de artistas locais, o pagamento costuma ser feito em duas etapas, sendo uma parte antes e a outra após a realização.

Ainda é cedo para se falar de calote, a produção do Lollapalooza segue aguardando que a agência de Drake faça o reembolso do valor pago.

Motivos para cancelamento de Drake

Após o cancelamento do show, a coluna LeoDias descobriu alguns dos motivos que fizeram Drake cancelar sua apresentação em solo brasileiro. Segundo informações obtidas por este espaço, o rapper acredita que os shows realizados na América do Sul rendem menos que apresentações em outros continentes.

O rapper chega a receber propostas de U$ 10 milhões, equivalentes a mais de R$ 52 milhões, seguindo a cotação atual do dólar, para realizar shows nos Estados Unidos, Europa e Ásia. Além disso, o rapper canadense considera o público sul-americano exigente e pouco empolgado. Fontes também teriam relatado que Drake fica incomodado com a forma como o público do continente canta suas músicas. Segundo fontes, o rapper não gosta do “inglês errado” que os brasileiros cantam para acompanhar suas apresentações.

Polêmicas no Brasil

Em 2019, no Rock in Rio, Drake colecionou polêmicas, fez um show bem abaixo da média, proibiu transmissão televisiva, apareceu no palco sem muitas luzes, de forma que dificultou (e muito) que o público presente pudesse acompanhar sua apresentação e protagonizou ataque de estrelismo nos bastidores.

De volta ao Lollapalooza deste ano como atração principal e sendo aclamado pelo público, o cantor, mais uma vez, decepcionou os fãs brasileiros. Na verdade, acho que ele fez além. Desrespeitou o público e o festival com um cancelamento recheado de motivos sem sentido, que escancarou um preconceito com os sul-americanos.

Não, não é só com o Brasil. Drake se apresentou na Argentina e Colômbia, em shows de pouco mais de 40 minutos e pouco carisma. As apresentações serviram para que ele tivesse mais certeza de que não gostaria de vir ao Brasil. Nem por um cachê de mais de quatro milhões de dólares.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco