Municípios - PI

Combate ao abuso infantil · 18/05/2022 - 16h42

Prefeitura de Caldeirão Grande do Piauí promove palestras em combate à violência sexual de crianças


Compartilhar Tweet 1



Com o objetivo de informar, mobilizar, sensibilizar e convocar a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes, o munícipio de Caldeirão Grande do Piauí, está realizando a Campanha de Combate e Prevenção contra a Violência Sexual de Crianças e Adolescentes. Essas informações são do CidadesnaNet.com

A campanha é promovida pela Prefeitura, através Secretaria de Assistência Social em parceria com as Secretarias Municipais de Educação e Saúde, além do Conselho Tutelar e CRAS, para fortalecer a luta contra a causa.

A campanha foi lançada na última quinta-feira, 12 de maio, com uma roda de conversa com os alunos na escola Dirceu Mendes Arcoverde e no auditório Maria Santa de Alencar.

Na noite desta terça-feira (17), foram realizadas palestras em praça pública para levar informações à população, bem como alertar sobre a violência sexual contra crianças e adolescentes.

As palestras foram ministradas pela procuradora geral do munícipio, Edilene Fialho e a psicóloga do NASF, Eribetânia Carvalho, que repassaram informações sobre formas de combater o abuso e exploração sexual e convocaram da sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar a violência sexual praticada contra crianças e adolescentes.

A procuradora geral do munícipio, Edilene Fialho, destacou que a proteção e não violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes não é um dever só do estado, mas da família e da sociedade como um todo.

“Existem leis que protegem as nossas crianças e adolescentes e a não violação de seus direitos não é só responsabilidade do estado, mas também de cada um de nós como cidadãos, porque o primeiro contato de uma criança é com seus pais e infelizmente esses crimes de violência sexual, acontecem mais no seio familiar. Então dai a importância desses momentos para falar sobre os direitos da criança e do adolescente e da responsabilidade dos pais em prevenir e denunciar os casos violência sexual, tendo em vista que é a parte feia, onde muitas vezes, a família prefere se calar, e isso não resolve, porque a pessoa que cometeu o crime, vai continuar fazendo, porque não foi punida por aquela prática. A lei dá direito de proteção, mas cabe também a nós como sociedade fazer a nossa parte em proteger, educar nossas crianças e observa-las no dia a dia, se está tudo dentro na normalidade e se não estiver é essencial denunciar”, explicou.

A psicóloga no NASF, Eribetânia Carvalho, como os adolescentes estão expostos a sofrer tipos de violência sexual, ressaltando a importância de orientar e mobilizar a sociedade sobre a temática.

Ela ainda destacou que a informação é uma importante forma de prevenção. “A escola é a base para levar informações para as crianças e os pais. As escolas devem abordar sobre a sexualidade, orientando as crianças desde cedo sobre suas partes íntimas e onde não se deve tocar, bem como orientar os pais sobre educar os filhos de forma leve, sem tantos tabus, pois muitas vezes os pais não sabem como falar sobre a assunto. Então a prevenção é isso ensinar nossas crianças a se prevenir, ensinar sobre sexualidade, conhecer melhor o corpo delas, além de manter um vínculo com o filho, porque caso aconteça algo a criança vai se sentir a vontade para falar”, disse.

    Cidades na Net

A secretária de Assistência Social de Caldeirão do Piauí, Raimunda Ribeiro, disse que a campanha reforça e consolida políticas públicas voltadas para a garantia dos direitos das crianças e adolescentes.

“Essa data chama a atenção da sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes, além de conscientizar sobre a importância de denunciar os casos”, acrescentou.

A campanha encerra nesta quarta-feira, 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, com uma passeata pelas principais ruas da cidade.

Comentários