Após visitas ao leito do rio · 12/02/2014 - 11h02

Vereadora e secretário comprovam 'morte' do Rio Poti; 'lixo e mau cheiro'

Vereadora e secretário comprovam 'morte' do Rio Poti; 'lixo e mau cheiro'


Compartilhar Tweet 1



No final da tarde da terça-feira (11/02), o secretário municipal de meio ambiente, Agamenon Bastos, esteve às margem do Rio Poti - embaixo da Ponte do Mocambinho - para verificar como será feito a retirada da grande quantidade de aguapés e canaranas que se acumularam no local. Além dele, estavam presentes a vereadora Teresa Britto (PV) e o assistente técnico da Semam, Márcio Freitas.

Agamenon Bastos afirmou que a limpeza deverá ser iniciada até amanhã (12/02) através da abertura de um canal no meio do rio por um barco e a retirada do material por máquinas nas que ficarão às margens. "Abriremos um canal pelo qual o barco afastará os aguapés e canaranas para as margens, onde ficarão máquinas que irão puxar o material colocando-os em caminhões. Queremos começar esse trabalho o quanto antes", pontuou.

A vereadora Teresa Britto percorreu as margens do Rio Poti e constatou o mau cheiro decorrente do lixo despejado nas águas do rio. Ela garantiu que continuará fiscalizando para acompanhar se os órgãos ambientais estão cumprindo com sua responsabilidade de preservar os rios Poti e Parnaíba. A retirada dos aguapés também foi uma determinação do Ministério Público Federal.

"É triste ver o rio nessa situação, totalmente coberto de mata verde e seca. As autoridades já deveriam ter tomado uma medida para que não chegasse a esse ponto. Agora terão que correr agir o mais rápido possível porque as chuvas começaram a um bom tempo e mesmo assim não foi possível carregar essa quantidade de aguapés e canaranas que se acumularam nessa região embaixo da Ponte do Mocambinho", lamentou.


Fonte: Com informações da Assessoria