Não havia médico plantonista · 08/11/2018 - 17h58 | Última atualização em 08/11/2018 - 18h00

Posto de saúde é investigado por morte de paciente em Marcos Parente


Compartilhar Tweet 1



A Promotoria de Justiça da cidade de Marcos Parente tomou diversas providências diante da morte de uma paciente que havia procurado assistência no hospital da cidade. O Promotor de Justiça Gerson Gomes Pereira coletou os depoimentos do pai e do irmão da falecida Letícia da Silva Carvalho.

De acordo com eles, ela passou por quadros sucessivos de mal-estar depois de se submeter a uma cirurgia de laqueadura de trompas no hospital de Floriano. No último deles, verificado na noite do dia 13 de outubro, já em Marcos Parente, a família procurou a unidade de saúde local. Não havia médico plantonista; no estabelecimento, só estavam presentes o vigia e uma enfermeira.

O Promotor de Justiça instaurou um procedimento administrativo para acompanhar a situação da estrutura organizacional da Secretaria de Saúde e da política pública de saúde em curso na Unidade Básica de Saúde e na Unidade Mista de Saúde do Município.

Confira mais sobre o caso aqui.

 


Fonte: MP-PI

Comentários