Time da virada · 03/10/2019 - 00h25 | Última atualização em 03/10/2019 - 00h32

VASCO VIRA SOBRE O ATLÉTICO-MG EM PARTIDA ATRASADA DA 21ª RODADA


Compartilhar Tweet 1



Cruzmaltino sai atrás no placar, mas conquista os três pontos com gols de Rossi e Marcos Júnior

O Atlético-MG recebeu o Vasco nesta quarta-feira (2), na Arena Independência, em partida válida pela 21ª rodada do Brasileirão. Apesar de sair na frente no marcador, com gol de Otero, o Galo viu a equipe carioca virar o placar com Rossi, de pênalti, e Marcos Júnior, já nos acréscimos.

Com a vitória, o time de São Januário foi aos 27 pontos e ocupa a 13ª colocação no Campeonato Brasileiro. Já o Galo está em décimo e permaneceu com 30 pontos conquistados.

O jogo

Jogando em casa, o Atlético-MG foi quem criou a primeira chance real de gol, aos dez minutos de jogo. Otero cobrou falta de longe, mas mandou direto para a meta defendida pelo goleiro Fernando Miguel. Adiantado, o camisa 1 do Vasco fez golpe de vista e viu a bola explodir no travessão antes de ir para fora.

A equipe carioca equilibrou a partida e passou a chegar com perigo. O melhor lance, no entanto, só foi acontecer aos 46 minutos. Após cobrança de falta levantada para a área, Talles Magno apareceu atrás da defesa atleticana, ganhou no alto de Patric e testou a bola na trave de Cleiton. Com uma bola no poste para cada lado, os times foram para o intervalo em igualdade e sem balançar as redes.

O segundo tempo começou com tudo em Belo Horizonte. Logo aos 14 minutos, a bola foi levantada na área do Vasco, Igor Rabello foi mais alto do que todo mundo e desviou. A bola sobrou para Otero, que, de cabeça, balançou as redes de Fernando Miguel. Apesar de sair na frente, o Galo não teve muito tempo de comemorar. Aos 18, Marrony aproveitou falha da zaga, invadiu a área e sofreu pênalti de Patric, marcado com auxílio do VAR. Na cobrança, Rossi deslocou o goleiro e deixou tudo igual: 1 a 1.

Quando a partida já se encaminhava para um empate, o Vasco marcou o gol da vitória já no apagar das luzes. Aos 48 do segundo tempo, Rossi fez grande jogada pela direita e cruzou na medida para Marcos Júnior. O volante dominou com categoria e mandou uma bomba para o gol, marcando o segundo dos cariocas: 2 a 1.

Créditos: Fernando Moreno


Comentários