AA Altos x Mirassol /SP · 19/01/2021 - 00h27 | Última atualização em 19/01/2021 - 00h36

Série D: Técnico do Altos-PI evita jogar a toalha após goleada diante do Mirassol


Compartilhar Tweet 1



"Ninguém desiste antes da hora", disse Fernando Tonet, que tem missão de reverter 4 a 0 dos paulistas

Altos, PI, 18 (AFI) - O técnico do Altos-PI, Fernando Tonet, ainda não jogou a toalha na busca por uma vaga na final do Campeonato Brasileiro da Série D. Mesmo após a goleada por 4 a 0 sofrida para o Mirassol no último domingo, pelo jogo de ida da semifinal, o treinador acredita que é possível reverter a desvantagem em casa.

"Temos um segundo jogo em que a gente acredita. Ninguém desiste antes da hora. Nós acreditamos que dá para fazer um bom jogo e buscar um gol de cada vez e tentar reverter esse resultado. Nós vamos buscar sim, a vitória dentro de casa", disse o treinador.

Fernando Tonet, técnico do Altos (Foto: Reprodução/TV Tem)

AINDA DÁ?

O Mirassol construiu a goleada nos primeiros 45 minutos e jogou durante toda a etapa final com um homem a menos, após a expulsão do lateral-direito Vinícius no fim do primeiro tempo. Tonet esperava um adversário recuado e afirmou que a intenção era tentar diminuir o placar nos 45 minutos finais. O Altos-PI chegou a acertar duas bolas no travessão, mas não encontrou o gol.

"A intenção era essa (tentar diminuir a vantagem do adversário). Erro zero lá atrás, mesmo assim eles tiveram oportunidade de fazer o quinto gol. Eu imaginava que eles fossem recuar a equipe pelo fato de estar com um jogador a menos. A intenção era diminuir o resultado, diminuir esses quatro gols de diferença para criar uma facilidade maior no jogo dentro de casa. Agora nós vamos tentar reverter esse jogo lá o Piauí", concluiu Fernando Tonet.

A partida de volta da semifinal entre Altos-PI e Mirassol acontece no próximo domingo, às 15h45, no estádio Felipão. A equipe piauiense precisa vencer por diferença de quatro gols para forçar as penalidades ou por cinco gols de diferença para avançar no tempo normal.

Fonte: Futebol Interior 


Comentários