Copa Libertadores · 18/10/2019 - 00h29 | Última atualização em 18/10/2019 - 00h40

Maracanã será sede da final da Copa Libertadores 2020


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Reunião na sede da Conmebol, no Paraguai, na manhã desta quinta (17) definiu o estádio como palco da decisão da grande competição de clubes da América do Sul

O Estádio do Maracanã será o palco da grande decisão da Copa Libertadores 2020. O Maior do Mundo completa 70 anos no ano que vem e foi escolhido após reunião do Conselho da Conmebol na sede da entidade, no Paraguai, com a presença do presidente da CBF, Rogério Caboclo, do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e de demais autoridades do futebol sul-americano e do poder público do estado fluminense. O "Maraca" receberá a grande final no dia 21 de novembro de 2020. O Estádio superou sete concorrentes na eleição, sendo outros cinco brasileiros (Arena Corinthians, Arena do Grêmio, Beira-Rio, Mineirão e Morumbi), o peruano Estádio Nacional de Lima e o argentino Mário Kempes. 

– Estamos muito felizes. É mais uma conquista para o futebol do Brasil, para o torcedor brasileiro e o uso dos grandes equipamentos e da grande qualidade que a gente tem nas cidades. Tenho certeza que o Brasil está preparado e pronto, de braços abertos, para receber mais uma grande competição – declarou o presidente da CBF, Rogério Caboclo, lembrando da Copa do Mundo Sub-17, que ocorre a partir do próximo dia 26 em Brasília, Espírito Santo e Goiás.

A escolha passou pela experiência considerada satisfatória da Conmebol com a Copa América disputada no Brasil neste ano de 2019. O Maracanã foi o palco da grande decisão da competição, conquistada pela Seleção Brasileira, é considerado um estádio histórico para o futebol mundial e a cidade do Rio de Janeiro tem grande atrativo turístico. A Libertadores começou a ser disputada com final única na temporada atual e o Estádio Nacional de Santiago, no Chile, receberá a primeira decisão em campo neutro da competição no dia 23 de novembro. 

 

– Acabo de sair do conselho da Conmebol e recebi a notícia maravilhosa de que nós vencemos. Seremos a sede da final da Libertadores de 2020. Juntamente com o presidente Rogério Caboclo, da CBF, estamos transmitindo para vocês em primeira mão essa novidade. Agradeço o empenho da CBF de mostrar o Brasil e, especialmente, pelo Rio de Janeiro ter tido essa oportunidade. O Maracanã está completando 70 anos e vamos fazer uma grande festa para comemorar esse grande palco do mundo e do Rio de Janeiro – destacou o governador Wilson Witzel.

O Maracanã foi palco de duas finais de Copa do Mundo. A primeira foi no ano de sua inauguração, em 1950, e a segunda em 2014, quando o Brasil recebeu o Mundial novamente. O Maior do Mundo já sediou duas finais de Libertadores, em 1981 e em 2008. O Estádio também recebeu partidas da Copa das Confederações de 2013, incluindo a grande decisão, e cerimônias de abertura e encerramento do Pan-Americano de 2007 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

Construído em 1950 para a Copa do Mundo, o Maracanã passou por algumas reformas ao longo dos seus 69 anos. A última delas foi entre 2010 e 2013 para receber o segundo Mundial. O Estádio tem capacidade para 78.838 torcedores, foi modernizado e preenche quesitos internacionais de segurança, logística e sustentabilidade.

O Conselho da Conmebol também anunciou a sede da final da Copa Sul-Americana de 2020. O Estádio Mário Kempes, em Córboda, na Argentina, receberá a grande decisão. Assim como a Libertadores, a competição passou a ser decidida em final única nesta temporada. Este ano a decisão é no La Olla Azulgrana, no Paraguai. 


Comentários