Sem gols · 29/09/2019 - 00h09 | Última atualização em 29/09/2019 - 00h19

FLAMENGO E SÃO PAULO FAZEM JOGO EQUILIBRADO E EMPATAM NO MARACANÃ


Compartilhar Tweet 1



Abrindo a 22ª rodada do Brasileirão, times criaram boas chances, mas não saíram do 0 a 0 no Rio de Janeiro

Diante de mais de 67 mil pessoas presentes no Maracanã na noite deste sábado (28), Flamengo e São Paulo abriram a 22ª rodada do Campeonato Brasileiro e empataram em 0 a 0. Apesar de boas chances para os dois lados, os times fizeram uma partida equilibrada e não balançaram as redes no Rio de Janeiro.

Com o resultado, o Fla segue na liderança isolada da Série A, mas agora com 49 pontos. O Tricolor Paulista, com 36, aparece no quinto lugar.

O jogo

Jogando em casa, o Flamengo teve a maior posse de bola, mas o São Paulo não se intimidou e partiu para o ataque diante do líder da Série A. Apesar de criar menos, o Tricolor levou perigo no chute de Daniel Alves, que estava impedido e não teve seu gol validado, e na chance claríssima com Tchê Tchê, já nos acréscimos. O Rubro-Negro, que poupou os titulares Rafinha, Filipe Luís e Gerson, sentiu a ausência do trio e teve dificuldade na saída de bola. No entanto, conseguiu criar boas chances em contra-ataque, com Gabriel e Bruno Henrique dominando as ações. Em uma delas, a bola sobrou para Willian Arão, que cabeceou com perigo e viu Tiago Volpi pegar em cima da linha.

Na volta do intervalo, o Fla entrou com Rafinha e Gerson nos lugares de Rodinei e Piris da Mota, respectivamente, e melhorou o posicionamento. Os espaços começaram a surgir, e Bruno Henrique quase abriu o placar aos oito minutos, mas foi parado em Volpi. Aos 13, Gerson finalizou de primeira e também viu o goleiro tricolor fazer a defesa. A blitz rubro-negra não parao e, no lance seguinte, foi a vez de Everton Ribeiro ter seu chute defendido por Volpi. O São Paulo, que trabalhou bem na defesa, teve a melhor oportunidade aos 21 minutos, quando Antony invadiu a área e bateu rasteiro para uma boa defesa de Diego Alves. Depois, o lateral Filipe Luís também entrou no jogo, mas o Flamengo seguiu não conseguindo furar o bloqueio tricolor, que não levou mais perigo ao gol rubro-negro.

CBF


Comentários