Sorteio Copa do Brasil · 13/12/2019 - 06h46 | Última atualização em 13/12/2019 - 09h37

Copa do Brasil 2020: sorteio define confrontos da Primeira Fase


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

River pega o Bahia e o AA Altos o Vasco da Gama no estádio Albertão em Teresina... 

Sorteio realizada na sede da CBF determinou confrontos da Primeira Fase e mando de campo da Segunda Fase da Copa do Brasil 2020

Os confrontos da Primeira fase da Copa do Brasil 2020 foram definidos na tarde desta quinta-feira (12) em sorteio realizado na sede da CBF. Ao todo, 80 times conheceram seus adversários na rodada de estreia da competição, prevista para os dias 5 e 12 de fevereiro.

Nesta primeira etapa, a classificação será disputada em jogo único, com vantagem do empate para o clube visitante, melhor colocado de acordo com o Ranking Nacional de Clubes da CBF. Por exemplo: Altos e Vasco da Gama se enfrentarão com mando da equipe piauiense. O Cruzmaltino terá a vantagem do empate para avançar para a próxima fase.

Na segunda fase, os mandos de campo já estarão definidos conforme o sorteio de hoje. Mas, em caso de empate, a disputa será nos pênaltis. 

A partir das oitavas de final, entram na competição os clubes classificados para a taça Libertadores da América (Flamengo, Athletico-PR, Santos, Palmeiras, Grêmio, São Paulo, Internacional e Corinthians) e os campeões da Brasileiro Série B (Bragantino), Copa do Nordeste (Fortaleza) e Copa Verde (Cuiabá).  

Confira os duelos e o chaveamento definidos no sorteio da Copa do Brasil:
 

CHAVE 10CHAVE 9CHAVE 8CHAVE 7CHAVE 6

Santos-AP x América-MGAltos-PI x Vasco da Gama-RJCampinense-PB x Atlético-MGImperatriz-MA x Vitória-BABoavista-RJ x Chapecoense-SC

Barbalha-CE x Operário-PRAquidauanense x ABC-RNAfogados-PE x Atlético-ACLagarto x Volta RedondaCaucaia-CE x São José-RS

Ferroviária-SP x Avaí-SCFast Club-AM x Goiás-GONovo Hamburgo-RS x Ponte PretaBragantino-PA x Ceará-CEUnião-MT x Atlético-GO

Águia Negra-MS x Sampaio Corrêa-MASanto André-SP x Criciúma-SCGalvez-AC x Vila Nova-GOBangu-RJ x Oeste-SPOperário-MT x Santa Cruz

 

CHAVE 1 CHAVE 2CHAVE 3CHAVE 4CHAVE 5

River-PI x Bahia-BACaxias-RS x Botafogo-RJBrusque-SC x Sport-PESão

Raimundo-RR x Cruzeiro-MGMotoclub-MA x Fluminense-RJ

São Luiz-RS x América-RN Toledo-PR x NáuticoFrei Paulistano-SE x Remo-PAVilhenense-RO x Boa Esporte-MGAtlético-BA x Botafogo-PB

Coruripe-AL x Juventude-RSPalmas-TO x Paraná ClubeManaus x CoritibaBrasiliense-DF x Paysandu-PANovorizontino-SP x Figueirense

XV de Piracicaba x Londrina-Bahia de Feira-BA x Luverdense Gama-DF x Brasil-RSIndependente-PA x CRB-ALVitória-ES x CSA-AL

Comentar
Golaço de bicicleta.... · 12/12/2019 - 00h50 | Última atualização em 12/12/2019 - 06h40

Prêmio Brasileirão 2019: gol de Arrascaeta é eleito o mais bonito


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Na 16ª rodada do Brasileirão, uruguaio marcou um golaço de bicicleta contra o Ceará

Prêmio Brasileirão 2019

Magnífica, sublime, extraordinária... é até complicado escolher adjetivo para traduzir em palavras a obra-prima de Arrascaeta. Na 16ª rodada do Brasileirão, o Castelão lotado testemunhou a criação de verdadeira peça de arte, quando o uruguaio fez de bicicleta o último do Flamengo no triunfo por 3 a 0 sobre o Ceará (VEJA O GOL NO VÍDEO ABAIXO). A pintura seduziu também os internautas, que elegeram o gol como o mais bonito do Campeonato Brasileiro. O craque do Fla recebeu nesta segunda-feira (9), das mãos de Zinho, o troféu durante o Prêmio Brasileirão 2019.

Para ganhar a eleição nas redes sociais, a bike de Arrascaeta venceu gols de Thiago Neves (Cruzeiro), Gabigol (Flamengo), Leandro Carvalho (Ceará) e Michael (Goiás). O uruguaio vem colecionando prêmios no Brasileirão. Em 2018, no Cruzeiro, ele foi eleito o melhor meia. Agora, com a camisa rubro-negra, o camisa 14 abocanha mais dois troféus: além do gol mais bonito, foi escalado na seleção do Brasileirão.

Comentar
Prêmio Brasileirão 2019 · 10/12/2019 - 00h26 | Última atualização em 10/12/2019 - 06h08

Flamengo domina Prêmio Brasileirão 2019 e quebra recorde do Palmeiras


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Com nove atletas na Seleção do Campeonato Brasileiro, Flamengo quebra marca do Palmeiras de 2016 e se torna clube com mais representantes no mesmo ano

Um popular funk nas ruas do Rio de Janeiro afirma com convicção: o Flamengo não é time, e, sim, uma seleção. No Prêmio Brasileirão 2019, pelo menos, a máxima quase se confirmou. O Fla teve nove jogadores eleitos para o time ideal do campeonato e estabeleceu um novo recorde para representantes no mesmo ano.

Os flamenguistas eleitos foram: Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Mari, Filipe Luís, Gerson, De Arrascaeta, Everton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique. Do time-base rubro-negro no Campeonato Brasileiro, apenas o goleiro Diego Alves e o meia Willian Arão não receberam prêmios individuais nesta segunda. Eles deram lugar a Santos e Bruno Guimarães, do Athletico Paranaense, na seleção do Brasileirão. Na chegada ao evento, o presidente Rodolfo Landim falou sobre a temporada de 2019 do clube.

– O ano foi muito bom para o Flamengo. Disputamos vários campeonatos, ganhamos o Carioca que foi um passo importante, o Brasileiro e a Libertadores. Isso foi fruto de uma determinação muito grande e de que queríamos ganhar todas as competições. Falamos claramente que não iríamos abrir mão de nenhuma competição, que procuramos trabalhar com o elenco que a gente tinha, sem priorizar nenhum torneio. Acabamos tendo sucesso com a estratégia que montamos. Foi um ano espetacular e ainda não acabou. Quem sabe não tem uma surpresa para nós. Chegar no topo é um desafio muito grande, mas se manter é ainda maior. Não temos dúvida de que o fato de o Flamengo ter se diferenciado esse ano vai fazer com que as outras equipes trabalhem mais e tentem diminuir a distância – afirmou o mandatário.

Comentar
Copa do Brasil 2020 · 08/12/2019 - 07h25 | Última atualização em 08/12/2019 - 10h53

Copa do Brasil 2020: sorteio da 1ª Fase será na quinta-feira (12)


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Na próxima quinta-feira (12), os embates da Primeira Fase da Copa do Brasil 2020 serão definidos em sorteio na sede da CBF

Nesta segunda-feira (2), a Confederação Brasileira de Futebol divulgou que o sorteio para a decidir os confrontos da Primeira Fase da Copa do Brasil 2020 será na próxima quinta-feira (12). O evento será realizado às 14h, na sede da CBF, e terá a transmissão da CBF TV.

A 32ª edição da competição mais democrática do Brasil tem novidades: as finais da Copa do Brasil foram antecipadas para setembro, a fim de evitar conflito com a fase decisiva do Campeonato Brasileiro e das copas continentais. Segundo o calendário oficial de 2020 divulgado pela CBF, o torneio está previsto para começar em fevereiro. 

O atual campeão da Copa do Brasil é o Athletico-PR. O Furacão conquistou taça inédita após vencer o Internacional na decisão por 2 a 1 no Beira-Rio. O clube paranaense foi o 12º clube campeão da Copa do Brasil.

Comentar
Temporada inesquecível · 05/12/2019 - 23h22 | Última atualização em 05/12/2019 - 23h29

FLAMENGO SE DESPEDE DO MARACANÃ NO BRASILEIRÃO GOLEANDO O AVAÍ


Compartilhar Tweet 1



Choveu gols no Maraca

Na última partida em casa pela Série A 2019, Rubro-Negro faz 6 a 1 sobre o Leão pela 37ª rodada da competição

Foi com festa e goleada o último jogo do Flamengo no Maracanã neste Brasileirão. Na noite desta quinta-feira (5), o Rubro-Negro fez a alegria dos quase 65 mil presentes no Maraca e goleou o Avaí por 6 a 1, em duelo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já com a taça de campeão garantida, o Fla chega aos 90 pontos na tabela. O Leão, que vai disputar a Série B em 2020, amarga a última colocação, somando 19 pontos.

O Flamengo jogou com facilidade no Maracanã. Logo aos 10 minutos, em lance ensaiado, Arrascaeta rolou na direita para Rafinha, que invadiu a área e cruzou. Lincoln fez o pivô e ajeitou para Arrascaeta chegar batendo. Mais tarde, aos 21, o Avaí ainda conseguiu em chute forte de Lourenço de longe. Mas o Rubro-Negro estava em ritmo acelerado. Aos 36, Diego pegou sobra de fora da área, bateu de chapa e acertou o ângulo de Vladimir para desempatar. Dois minutos depois, aos 38, Gabigol soltou uma bomba de fora da área e fez o terceiro.

Seguindo forte a batida, Lincoln pegou sobra dentro da área e garantiu o quarto do Fla. Não perca a conta. Na marca dos 38, Reinier tabelou com Diego pela esquerda, recebeu de volta e, de primeira, bateu no cantinho do goleiro do Avaí. E ainda deu tempo para o sexto. Aos 43 minutos, Rafinha cruzou pela direita e encontrou Reinier sozinho na segunda trave. O garoto se atirou na bola e decretou o 6 a 1 no Maracanã.

Comentar
Boa Tarde Piauí Esportivo · 05/12/2019 - 01h00 | Última atualização em 12/12/2019 - 00h47

Programa Esportivo - TV Assembleia apresenta o melhor do esporte piauiense. Toda sexta 15h30


Compartilhar Tweet 1



Programa Boa Tarde Piauí Esportivo - TV Assembleia Canal 16.1 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Treinadora sueca anunciou a lista das 27 jogadoras que disputarão dois jogos diante da Seleção do México. Duelos serão no dia 12 e 15 de dezembro

A técnica Pia Sundhage anunciou nesta quarta-feira (27) a lista das 27 atletas convocadas para o período de treinos e observações da Seleção Feminina. A convocação atenderá também os dois próximos jogos preparatórios diante do México, no dia 12 de dezembro, na Arena Corinthians, em São Paulo (SP), e no dia 15 na Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). As partidas serão disputadas em período que não corresponde a Data FIFA.

Entre as convocadas, nove novidades em relação as listas já anunciadas pela treinadora sueca, as goleiras Luciana, Carla e Gabrielli, as defensoras Fernanda, Isabella e Bruna Calderan, a meia Gabi Zanotti, e as atacantes Cristiane e Maria Eduarda. 

A equipe iniciará a preparação para os jogos preparatórios no dia 2 de dezembro na Granja Comary, em Teresópolis. 

Confira a lista de convocados:
 

Goleiras:
 

Letícia - Corinthians (Brasil)
Luciana - Ferroviária (Brasil)
Carla - São Paulo (Brasil)
Gabrielli - Flamengo (Brasil)

Defensoras:


Tamires -Corinthians (Brasil)

 

Fernanda - Flamengo (Brasil)

 

Erika - Corinthians (Brasil)

Rafaelle -Changchun Dazhong (China)
 

Bruna Benites - Internacional (Brasil)

Tayla - Benfica (Portugal)
 

Kathellen - FC Bordeaux (França)

Isabella - Palmeiras (Brasil)

Giovanna - Avaldsnes (Noruega)


Bruna Calderan - Avaí/Kindermann (Brasil)
 


Meio-campistas:
 

Fabiana - Internacional (Brasil)
Luana - KSPO Women Football Team (Coreia do Sul)
Gabi Zanotti - Corinthians (Brasil)
Aline Milene - Ferroviária (Brasil)
Debinha - North Carolina Courage (EUA)
Poliana - São José (Brasil)
Andressinha - Portland Thorns FC (EUA)
Chú - Changchun Dazhong (China)

Atacantes:
 

Cristiane - São Paulo (Brasil)
Millene - Corinthians (Brasil)
Victória - Corinthians (Brasil)
Duda - Avaldsnes Il (Noruega)
Bia Zaneratto - Incheon Hyundai Steel Red Angels (Coreia do Sul)

Comentar
Piauiense Renê melhor lateral · 04/12/2019 - 00h23 | Última atualização em 04/12/2019 - 07h51

Prêmio Brasileirão 2019 reunirá craques do masculino e feminino na próxima segunda (9)


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Premiação será na próxima segunda-feira (9), na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Credenciamento da imprensa já está aberto via email.

Está chegando a hora da grande festa do futebol brasileiro. Na próxima segunda-feira, as grandes estrelas do nosso esporte mais amado se encontrarão no Prêmio Brasileirão 2019. A cerimônia reunirá craques da Série A e do Feminino A-1, na Zona Portuária do Rio de Janeiro.

A festa contará com prêmios individuais para os destaques das duas competições. Pela primeira vez, atletas do futebol masculino e feminino terão o mesmo número de prêmios em disputa. Eis as categorias:

Melhor goleiro
Melhor lateral-direito
Melhor zagueiro
Melhor zagueiro
Melhor lateral-esquerdo
Melhor volante
Melhor volante
Melhor meio-campista
Melhor meio-campista
Melhor atacante
Melhor atacante
Melhor técnico
Craque do Brasileirão
Craque da Galera
Revelação
Gol mais bonito

Os portões serão abertos às 18h30 para a premiação, que já se tornou uma tradição no calendário do futebol brasileiro. Antes do início, os convidados poderão curtir um show do sambista Dudu Nobre. A cerimônia está marcada para começar às 20h30. A celebração marca o fim de uma temporada memorável do nosso futebol. 

- O Prêmio Brasileirão celebra de maneira brilhante a temporada de competições no País do Futebol. Vamos festejar os melhores de 2019 no feminino e no masculino, homenageando quem fez a festa do torcedor brasileiro. Estamos levando o evento a um novo patamar e receberemos os convidados e a imprensa em um ambiente fantástico - afirmou o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

O credenciamento da imprensa já está aberto e pode ser solicitado via email, com nome do profissional e veículo em imprensa@cbf.com.br. 

Comentar
Flamengo Campeão Sub-20 · 02/12/2019 - 00h32 | Última atualização em 02/12/2019 - 00h41

Flamengo conquista o Sub-20 e fecha tríplice coroa do Brasileirão


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Rubro-negro dominou o Brasileirão e conquistou as três edições de futebol masculino do torneio esse ano

Flamengo x Palmeiras pela final do Campeonato Brasileiro Sub-20

O grito de “É campeão!” tem sido cada vez mais frequente para o Flamengo. Neste domingo, o Rubro-negro conquistou o Campeonato Brasileiro Sub-20 e se sagrou campeão brasileiro em três categorias no mesmo ano.

Além do Sub-20, o Fla conquistou o Brasileiro Sub-17 e o Brasileirão profissional. Essa marca vem justamente no primeiro ano de disputa da competição na categoria sub-17.

Se o clube conquistou a “tríplice coroa da base”, alguns jogadores podem se orgulhar de ter feito parte de pelo menos duas dessas conquistas. Da equipe que venceu o Brasileiro Sub-20 neste domingo, Gabriel Noga, Otávio e Lázaro foram titulares no título do time sub-17. Os últimos dois, por sinal, entraram em campo na decisão contra o Palmeiras.

No time sub-20, dois fizeram parte do elenco campeão do Brasileirão. O atacante Vitor Gabriel já estava incorporado ao time de cima e “desceu” para a disputa da final. Durante a campanha, teve seu momento de destaque ao dar assistência decisiva na vitória diante do Fortaleza.

Goleiro titular na conquista, Hugo foi relacionado para alguns jogos do time profissional, mas não chegou a entrar em campo pelo time profissional.

Diretor de Competições da CBF, Manoel Flores classificou o feito como fruto de um cuidadoso trabalho realizado pelo Flamengo nos últimos anos.

- É fruto do trabalho sério que o Flamengo está fazendo. Tem muitos clubes seguindo modelos semelhantes de gestão e organização. Exemplos como Flamengo, Palmeiras, entre outros, são fundamentais para o futuro do futebol brasileiro.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Brasileira apareceu na quarta posição do ranking da Federação Internacional de História e Estatística do Futebol

A quarta melhor árbitra do mundo é brasileira. Segundo ranking divulgado pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS), Edina Alves ficou entre as melhores de sua profissão em 2019. A eleição foi realizada por 90 especialistas e o resultado foi divulgado nesta semana.

Edina ficou atrás apenas de Stephanie Frappart, da França, eleita a melhor árbitra da Copa do Mundo Feminina, Anastasia Pustovoitova, da Rússia, e da alemã Bibiana Steinhaus, melhor do mundo do ano passado. A votação contemplou 21 profissionais de arbitragem de vários países, que receberam votos de 90 jornalistas especializados de todos os continentes.

Esta foi a segunda vez que a brasileira entrou no ranking da IFFHS. Em 2018, ela ficou na nona colocação na votação da entidade. Em 2019, Edina Alves fez história na arbitragem do Brasil ao ser a primeira mulher a apitar um jogo da Série A do Campeonato Brasileiro após 14 anos. Ela também esteve no quadro de profissionais que participaram da última Copa do Mundo Sub-17 e também da Copa do Mundo de Futebol Feminino, na França.

Comentar
35ª rodada · 29/11/2019 - 01h39 | Última atualização em 29/11/2019 - 09h57

Goiás vence o Inter e encosta na zona de classificação para a Libertadores


Compartilhar Tweet 1



No Beira-Rio, Esmeraldino venceu o Internacional e diminuiu a distância para o G-8

Deu Goiás no Beira-Rio! Buscando um lugar dentro da zona de classificação para a Libertadores, o Esmeraldino venceu o Internacional por 2 a 1, pela 35ª rodada do Brasileirão. Rafael Moura e Michael marcaram os gols do triunfo alviverde na noite desta quarta-feira (27), enquanto Guerrero descontou para o Colorado.

Com o resultado, o Goiás se manteve na nona posição, chegou aos 49 pontos e está a dois do G-8. Já o Inter tem 51 pontos e caiu para a oitava colocação. 

O jogo

Inter e Goiás entraram em campo com um propósito bem definido: vencer para se manter firme na briga por uma vaga na Libertadores. Jogando em casa, o Colorado tentou impor seu ritmo de jogo nos primeiros minutos e quase abriu a contagem com Patrick, Nico López e Victor Cuesta. Mas enquanto os gaúchos tentavam, o Esmeraldino precisou de uma chance para balançar as redes. Aos 14 minutos de bola rolando, Rafael Vaz soltou uma bomba de fora da área, Marcelo Lomba fez a defesa parcial, mas no rebote Rafael Moura colocou em dia a Lei do Ex: 1 a 0. Atrás no placar, o Internacional aumentou a pressão nos minutos finais do primeiro tempo e só não chegou ao empate porque Tadeu brilhou debaixo das traves. O goleiro alviverde fez três grande defesas em sequência evitando o gol colorado nas finalizações de D'Alessandro, Guerrero e Rodrigo Moledo.  

O duelo voltou do intervalo ainda mais animado. Com a vantagem, o Goiás controlou o jogo no início do segundo tempo. Mas aos poucos, o Inter equilibrou as ações e teve boa chance de marcar com Rodrigo Moledo e Sarrafiore, que novamente pararam nas mãos de Tadeu. Já na marca dos 26, foi a vez do Esmeraldino partir para o ataque. Em contra-ataque fatal, Michael recebeu pelo meio, fez grande jogada individual, limpou a marcação e anotou um golaço para o Goiás: 2 a 0. A resposta colorada veio com Guerrero, aos 32. Após cobrança de escanteio, o camisa 9 foi no segundo andar para fazer 2 a 1. Nos minutos finais, o confronto ganhou em emoção. Thalhes quase ampliou para o Goiás enquanto Sarrafiore assustou para o Inter. Sem mais bolas da rede, o Esmeraldino saiu de campo com uma importante vitória fora de casa. 

Sonhando com a Libertadores, Inter e Goiás ficaram frente a frente pela 35ª rodada do Brasileirão.

Créditos: Jeferson Guareze/AGIF

 

Comentar
Supercopa · 28/11/2019 - 00h16 | Última atualização em 28/11/2019 - 09h57

Flamengo e Athletico Paranaense decidem Supercopa do Brasil em 2020


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Competição que abre a próxima temporada do futebol brasileiro reunirá os dois campeões nacionais de 2019

Flamengo e Athletico se enfrentaram no Maracanã pela sexta rodada do Brasileirão
 

Está definido o confronto da Supercopa do Brasil 2020. No início da próxima temporada, Flamengo e Athletico Paranaense disputam o título que reúne os dois campeões nacionais do Brasil.

O Athletico Paranaense foi o primeiro clube a garantir a vaga na Supercopa do Brasil. Pela primeira vez em sua história, o Furacão conquistou a Copa do Brasil em setembro. A curiosidade da conquista foi que, na campanha, o Rubro-negro derrotou o próprio Flamengo, nas quartas-de-final da competição.

Já o Fla assegurou seu espaço neste fim de semana, com o título antecipado do Brasileirão 2019. Com 81 pontos e ainda quatro jogos a disputar, o Flamengo tem a mesma pontuação que o Corinthians de 2015. Com pelo menos um empate, terá a melhor campanha do Brasileirão desde que este formato foi adotado, em 2006.

A Supercopa do Brasil é uma competição nova no calendário do ano que vem do futebol brasileiro. Previamente marcada para o dia 19 de janeiro, será disputada em jogo único, mas pode ter a data alterada pelo título do Flamengo na Copa Libertadores da América. A sede do duelo entre Fla e Athletico Paranaense ainda será definida.

Comentar
Insuperável.... · 25/11/2019 - 00h35

Flamengo é campeão do Brasileirão 2019


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Mesmo sem entrar em campo no fim de semana, Fla garante título antecipado e segunda conquista em dois dias

O Flamengo é o campeão brasileiro de 2019! Neste domingo, o Rubro-negro garantiu a conquista do Brasileirão, coroando uma temporada de muitas glórias para a equipe da Gávea.

Mesmo sem entrar em campo no fim de semana, o Flamengo não pode mais ser alcançado por seus rivais no Brasileirão. Por conta da final da Libertadores, o Fla teve seu jogo pela 34ª rodada antecipado (o empate por 4 a 4 com o Vasco da Gama). Com 81 pontos, o Rubro-negro tem 13 de vantagem sobre Palmeiras e Santos e não pode mais ser ultrapassado pelos paulistas.

Esse título interrompe um jejum de dez anos do Flamengo sem ser campeão brasileiro. A última vez que o clube havia vencido o Brasileirão foi em 2009, quando foi liderado por Adriano Imperador e Petkovic. Neste ano, o Fla foi conduzido pelos gols de Gabriel Barbosa e Bruno Henrique, as assistências de De Arrascaeta e Everton Ribeiro e a estratégia do português Jorge Jesus.

O título brasileiro ainda coroa um fim de semana inesquecível para a torcida rubro-negra. No sábado, o Flamengo derrotou o River Plate em Lima e se sagrou campeão da Copa Libertadores da América. No domingo, mesmo sem jogar, conquistou o Brasileirão. Com os dois troféus na mesma temporada, o Rubro-negro repetiu um feito conseguido apenas pelo Santos de Pelé, que ganhou em 1962 e 1963.

O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (27), quando enfrenta o Ceará, no Maracanã. A partida, que marca o reencontro do time com sua torcida, contará também com a cerimônia de entrega da taça.

LISTA DE TÍTULOS DO FLAMENGO

1980 (Brasileiro)

1982 (Brasileiro)

1983 (Brasileiro)

1987 (Copa União)

1992 (Brasileiro)

2009 (Brasileiro)

2019 (Brasileiro)

Comentar
Decisão Libertadores · 23/11/2019 - 06h25 | Última atualização em 23/11/2019 - 10h12

Walter Feldman é o chefe de delegação do Flamengo na Libertadores


Compartilhar Tweet 1



 CBF

Secretário-geral da CBF está em Lima com a equipe rubro-negra e seus dirigentes para a final. Presidente Rogério Caboclo chega nesta sexta à capital peruana.

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Secretário-geral da CBF, Walter Feldman é o chefe de delegação do Flamengo na final da Copa Libertadores da América, em Lima, no Peru. Ele atendeu a um convite do Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, e já está na capital peruana junto com a equipe rubro-negra e seus dirigentes.

Durante a Copa América, no meio do ano, Landim foi chefe de delegação da Seleção Brasileira. Sua liderança vitoriosa ajudou a Seleção a conquistar o título continental. O presidente rubro-negro havia convidado Rogério Caboclo, presidente da CBF, para chefiar a equipe do Flamengo na final sul-americana, mas devido à agenda de compromissos, Caboclo somente poderá viajar à Lima na sexta-feira. Diante disso, Landim fez o convite à Feldman, que aceitou prontamente

- É uma honra representar a CBF na chefia da delegação do Flamengo em um momento tão importante para o clube e para o futebol do nosso país. É o Brasil na final da Libertadores! Agradeço ao clube e especialmente ao presidente Landim pelo convite - disse Walter Feldman.

Rogério Caboclo estará presente na decisão de sábado e a CBF oferece toda a torcida e o apoio possível para o Flamengo nesta final contra o time argentino. Indubitavelmente, quando o Fla entrar em campo no Estádio Monumental, em Lima, entrará também todo o futebol brasileiro.

Flamengo e River Plate decidem o título da Copa Libertadores da América no próximo sábado (23), às 17h (horário de Brasília), no Estádio Monumental de Lima, no Peru.

Comentar
Leão da Vila do Retiro... · 21/11/2019 - 00h49 | Última atualização em 23/11/2019 - 00h27

Sport vence a Ponte Preta e confirma acesso à Série A do Brasileirão


Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

De virada na Ilha do Retiro, Leão bate a Macaca por 2 a 1 e garante retorno à primeira divisão

O Sport está de volta à Série A. Na noite desta quarta-feira (20), com a Ilha do Retiro lotada, o Leão venceu a virada pela Ponte Preta, por 2 a 1, e passaporte de carimbou para o Brasil do ano que vem . Roger abriu o placar para Macaca no primeiro tempo. Mas Guilherme marcou duas vezes na etapa final e deu o triunfo ao Rubro-Negro, em duelo válido pela 37ª rodada.

Com o resultado, o Sport chega a 67 pontos na tabela, em segundo lugar. A Ponte está no 13º, com 44. Confira a tabela completa da Série B do Brasileirão!

O primeiro tempo foi pela Ponte na Ilha do Retiro. Apertando a saída de bola do Sport, uma Macaca abriu o placar a 19 minutos: Roger aproveitou a cobrança da garantia feita por Renato Cajá e abriu o placar. Uma das raras partidas do Leão com Guilherme, aos 38 anos, que foi encerrada pela meta.

A postura do Sport mudou no segundo tempo e o resultado foi pressionado na Ponte Preta. E surtiu efeito. Na marca de 14 minutos, depois de uma boa troca de passes, Elton dominou, ajudou e rolou para Guilherme bater no canto esquerdo e deixou tudo igual em Recife. Animado com empate, o Esporte segue em cima de Macaca. Aos 39, Vico deixou a Ponte com um jogador e menos após o período de falta de duração em Élder e recebe o cartão vermelho. E quando o relógio aponta 46 minutos, Guilherme, de novo ele, recebe ou rebate Ygor para fazer o segundo jogo e dar o triunfo ao Leão.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



CBF 

Ex-jogador da Seleção Brasileira será responsável pela pasta criada em abril e que antes era comandada por Juninho Paulista

O ex-atacante Washington é o novo Diretor de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro. Conhecido como Coração Valente, o ídolo do esporte estará à frente da pasta criada pela CBF em abril deste ano, quando da posse do Presidente Rogério Caboclo. Anteriormente, a Diretoria de Desenvolvimento teve Juninho Paulista no comando até julho, quando o pentacampeão mundial assumiu a Coordenação da Seleção Brasileira Principal.

A Diretoria de Desenvolvimento do Futebol é responsável por guiar as ações de fomento do futebol brasileiro num horizonte de longo prazo, integrando os diversos departamentos da CBF. Cabe a ela a realização de estudos e análises centralizados de informações técnicas, apoio a elaboração de estratégias específicas de desenvolvimento do futebol, além do controle da destinação dos recursos oriundos da FIFA e da CONMEBOL, incluindo o Legado da Copa do Mundo FIFA 2014.  

 

"Estamos muito felizes com a chegada destes novos profissionais ao time de gestão da CBF. Craques em suas áreas de atuação, eles compartilham do nosso compromisso de acelerar o desenvolvimento do futebol brasileiro em todas as suas vertentes, dentro e fora do campo"

 

Rogério Caboclo

 

Como jogador, Washington teve passagens marcantes por clubes do Brasil e do exterior, além de atuações pela Seleção Brasileira. Após encerrar a carreira dentro dos gramados,  Washington continuou com destaque sua carreira na área da gestão do esporte. O profissional também atuou na área política, tendo sido vereador no município de Caxias do Sul. Após uma passagem como suplente na Câmara dos Deputados, foi nomeado Secretário Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, pasta que integra o Ministério da Cidadania do Governo Federal.

– É um prazer enorme assumir a Diretoria de Desenvolvimento da CBF. O nosso futebol está crescendo cada vez mais e buscando soluções para que esteja sempre em evolução. A pasta do Desenvolvimento do Futebol é vista como estratégica pela entidade para fomentar o esporte em todo o país – declarou.

Washington Stecanela Cerqueira tem 44 anos e é natural de Brasília (DF). Marcou 411 gols em uma carreira que durou 17 anos. Sua trajetória no futebol é marcada por alguns recordes. Em 2004, marcou 34 gols no Campeonato Brasileiro, pelo Athletico-PR, e é o atleta que mais gols marcou em uma única edição da competição. Foi artilheiro do Brasileirão em duas oportunidades, sendo o sétimo maior goleador da história, com 126 gols marcados em 201 partidas.

A trajetória de Washington também ficou marcada pela superação de um delicado problema cardíaco ao longo da carreira, que quase o fez abandonar os gramados aos 27 anos, quando jogava no Fenerbahçe, da Turquia.  Mas ele venceu os problemas médicos, retornou ao Brasil e conseguiu voltar a jogar em alto nível. A partir deste episódio, passou a comemorar seus gols batendo no peito e ganhou o apelido de Coração Valente.

Washington foi campeão brasileiro pelo Fluminense em 2010 e tem passagens marcantes por Caxias, Ponte Preta, Atlhetico-PR e São Paulo. O ex-atacante também marcou seu nome na história do futebol japonês, atuando por Tokyo Verdy e Urawa Red Diamonds e conquistando cinco títulos. Na Seleção Brasileira, o Coração Valente atuou em nove partidas e marcou dois gols. 

Novas diretorias


A contratação de Washington não é a única novidade recente no organograma da CBF.

Outro nome a juntar-se à atual diretoria é o do italiano Marco Dalpozzo. Especialista em People Strategy, Mentoria, Organization Design, Cultura Organizacional e Processos de RH, o profissional assume a Diretoria de Recursos Humanos, uma novidade apresentada no último mês pela atual gestão.

Dalpozzo é economista com formação pela Universita’ degli studi di Bologna. Possui MBA em Business Administration pela Universita’ Bocconi di Milano e especialização em Psicossociologia pela Associação Italiana de Psicossocioanálise  (ARIELE). 

Especialista na implantação e administração de universidades corporativas, Dalpozzo também será responsável pela CBF Academy, plataforma de cursos da entidade que visa a preparação e o aperfeiçoamento dos profissionais que atuam no futebol dentro e fora de campo.

Marco Dalpozzo foi diretor de RH da L’Oreal Brasil, Vale S/A, Parmalat Brasil e KIBON (pela Unilever). Na Unilever, o economista ocupou cargo de gerente de desenvolvimento, treinamento e seleção. O profissional também atua como professor associado da Fundação Dom Cabral e membro do Conselho Consultivo do Coppead.

Recentemente também o Departamento Jurídico da CBF passou por reformulação com a contratação de Luiz Felipe Santoro para o cargo de diretor. O advogado fica à frente da pasta após Carlos Eugênio Lopes assumir a Vice-Presidência Jurídica da Confederação. Santoro é graduado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), especializado em Administração Esportiva pela FGV/SP, pós-graduado em Direito da Integração e Mercosul pela Universidade de Buenos Aires (Argentina) e possui MBA em Football Industries pela Universidade de Liverpool (Inglaterra).

O profissional foi presidente do Instituto Brasileiro de Direito Desportivo, é patrono do Grupo de Estudos de Direito Desportivo da Faculdade de Direito da USP e membro da Academia Nacional de Direito Desportivo, da Sociedade Brasileira de Direito Desportivo e da Comissão de Juristas formada para a Reformulação da Legislação Esportiva no Senado Federal.

– Estamos muito felizes com a chegada destes novos profissionais ao time de gestão da CBF. Craques em suas áreas de atuação, eles compartilham do nosso compromisso de acelerar o desenvolvimento do futebol brasileiro em todas as suas vertentes, dentro e fora do campo – destacou Rogério Caboclo, presidente da CBF.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



No Bezerrão, Brasil saiu atrás no placar, mas marcou com Kaio Jorge e Lázaro para vencer por 2 a 1 e faturar o tetracampeonato da Copa do Mundo Sub-17

Inesquecível! Neste domingo (17), a Seleção Brasileira Sub-17 escreveu mais um capítulo especial na história da Copa do Mundo da categoria. No Estádio Bezerrão, no Gama (DF), a Canarinho saiu atrás no placar diante do México, mas virou com Kaio Jorge e Lázaro, e a vitória por 2 a 1 garantiu o quarto título da competição ao Brasil.

O tetracampeonato do time comandando por Guilherme Dalla Déa chega após uma campanha invicta na competição. Foram três vitórias na fase de grupos, o que colocou a Canarinho no topo do Grupo A. Depois, triunfo por 3 a 2 sobre o Chile, nas oitavas de final. Nas quartas, a equipe bateu a Itália por 2 a 0. E, na fase semifinal, uma virada surpreendente diante da França: 3 a 2.

Foi o quarto título do Brasil na Copa do Mundo Sub-17, que também faturou as edições em 1997, 1999 e 2003.

O jogo

O clima de decisão tomou conta da partida desde o apito inicial, quando Yan Couto fez boa jogada pela direita, cruzou fechado e viu a bola passar por trás do gol mexicano. Mas a primeira finalização mesmo saiu aos 11 minutos, com João Peglow, que arriscou da entrada da área, à direita da meta adversária. O domínio da Canarinho seguiu e, aos 13, Yan cruzou da direita e a bola sobrou para Gabriel Veron finalizar por cima. Logo depois, Kaio Jorge fez ótima jogada pela esquerda, entrou na área e rolou para trás, onde Peglow chutou de primeira e acertou o travessão. A pressão na parou, e a Canarinho ainda ficou perto de marcar em outros dois chutes de Peglow: um defendido por Garcia, e outro que saiu rente à trave direita. Outra boa oportunidade para o Brasil foi aos 28, após cruzamento de Patryck pela esquerda, que fez a bola chegar em Veron, que chutou de primeira e viu Garcia fazer a defesa. O goleiro mexicano ainda segurou as finalizações de Peglow e Patryck antes do jogo ir para o intervalo.

No segundo tempo, o México foi quem começou assustando. Logo no primeiro lance, Martínez lançou na área, e Luna pegou de primeira, mas mandou para fora. O Brasil respondeu na sequência, com Kaio Jorge arriscando de fora da área e Garcia fazendo a defesa. Aos seis, Peglow lançou na medida para Kaio Jorge, que finalizou de primeira, mas por cima da meta mexicana. A pressão da Canarinho seguiu com uma bomba de Patryck, que Garcia espalmou. Depois, Peglow recebeu na área, dominou e chutou forte rente à trave esquerda dos adversários. O México, que pouco criou, encontrou espaço aos 20 minutos, quando Gonzáles recebeu cruzamento e cabeceou para fazer 1 a 0. A Canarinho não desanimou e seguiu ofensiva. Aos 27, Diego Rosa recebeu de Veron e chutou da entrada da área à esquerda do gol mexicano. No minuto seguinte, Lázaro também foi acionado por Veron e bateu por cima do travessão. Nos minutos finais, Lázaro recebeu na área, mas o chute parou em Guzman. Daniel Cabral arriscou de fora da área e acertou a trave. No rebote, Veron cabeceou por cima. Logo depois, o árbitro checou um carrinho da defesa mexicana em Veron e assinalou o pênalti. Kaio Jorge cobrou no canto direito e deixou tudo igual na decisão: 1 a 1.

O empate fez a torcida se animar ainda mais no Bezerrão e empurrar a Canarinho. Sem perder o ímpeto, a Seleção Brasileira seguiu no ataque e, já nos acréscimos, saiu o merecido gol do título. Yan cruzou da direita, e Lázaro bateu de primeira para decretar o tetracampeonato brasileiro: 2 a 1.

Brasil: Matheus Donelli; Yan Couto (Garcia), Henri, Luan Patrick e Patryck; Daniel Cabral, Diego Rosa e João Peglow (Lázaro); Gabriel Veron, Kaio Jorge e Pedro Lucas (Matheus Araújo) – Técnico: Guilherme Dalla Déa

Brasil vence o México e é campeão Mundial Sub-17

CBF

 

Comentar
Na Arábia Saudita · 16/11/2019 - 00h43 | Última atualização em 16/11/2019 - 20h27

SELEÇÃO BRASILEIRA É SUPERADA PELA ARGENTINA EM JOGO PREPARATÓRIO


Compartilhar Tweet 1



Atuando no King Saud University Stadium, comandados do técnico Tite foram derrotados por 1 a 0

A Seleção Brasileira foi superada pela Argentina nesta sexta-feira (15), em jogo preparatório disputado no King Saud University Stadium, em Riade, na Arábia Saudita. Com gol de Lionel Messi, de pênalti, os adversários marcaram ainda no primeiro tempo, segurando o resultado pelo restante da partida.

O Brasil volta a campo na próxima terça-feira (19), em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, para enfrentar a Coreia do Sul. O confronto marcará a última partida da Canarinho em 2019.

O jogo

Os primeiros minutos do clássico entre Brasil e Argentina foram bastante movimentados. A primeira boa oportunidade verde e amarela aconteceu aos oito minutos, quando Firmino roubou a bola de Foyth, tocou em Gabriel Jesus, que foi derrubado por Pezzella após driblar o adversário. Na cobrança, o próprio camisa 9 foi para a marca da cal, mas finalizou para fora.

Logo em seguida, foi a vez da arbitragem assinalar pênalti para a Argentina. Lionel Messi entrou na área pela direita de ataque e acabou se enroscando com Alex Sandro. Capitão da Argentina, Messi cobrou, e Alisson fez ótima defesa. Mas o rebote voltou no pé esquerdo do camisa 10, que marcou.

No segundo tempo, a Seleção voltou a assustar aos 23 minutos. Renan Lodi recebeu bom passe de Fabinho e bateu cruzado, forte, mas a bola parou nas mãos do goleiro argentino Andrada.

Buscando definir a vitória, os adversários foram para cima e finalizaram com perigo com Messi, aos 20, em cobrança de falta, e com Paredes, aos 30, em um chute forte. Mas em ambas as vezes o goleiro Alisson fez ótimas defesas.

BRASIL: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Éder Militão e Alex Sandro (Renan Lodi); Casemiro (Wesley Moraes), Arthur (Fabinho) e Lucas Paquetá (Philippe Coutinho); Gabriel Jesus (Rodrygo), Willian (Richarlison) e Roberto Firmino – Técnico: Tite

Comentar
Eletrizante! · 14/11/2019 - 01h42 | Última atualização em 14/11/2019 - 01h47

EM CLÁSSICO DE OITO GOLS, FLAMENGO E VASCO EMPATAM NO MARACANÃ


Compartilhar Tweet 1



Em jogo antecipado da 34ª rodada, cariocas fazem duelo bem disputado, com viradas, muitos gols e empate no final: 4 a 4

O jogo antecipado da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira (13) reservou um clássico eletrizante para os amantes do futebol. Flamengo e Vasco se enfrentaram no Maracanã e protagonizaram um espetáculo dentro de campo, com direito a viradas e oito gols no total. O saldo final foi um empate entre os cariocas: 4 a 4.

Com o resultado, o Fla chegou aos 78 pontos e segue isolado na liderança da Série A. O Vasco, com 43, aparece na décima posição.

O jogo

O clássico carioca começou com gol aos 38 segundos de bola rolando. No primeiro ataque do jogo, Reinier fez boa jogada individual, invadiu a área e cruzou. Gabriel desviou, e Everton Ribeiro concluiu para o fundo da rede: 1 a 0. Depois, apesar da posse de bola, o Rubro-Negro parou de criar e viu o Vasco armar mais contra-ataques perigosos. Até que, aos 33, Rossi cruzou na área, Raul ajeitou de cabeça, e Marrony chegou finalizando de primeira para empatar a partida. Instantes depois, Yago Pikachu foi derrubado por Rodrigo Caio na área, e o próprio meia converteu o pênalti e virou para o time cruzlmatino. Depois, aos 49, o placar voltou a ficar igual. Em cobrança de falta ensaiada, Gabriel ameaçou chutar para o gol, mas rolou para Rafinha, que bateu cruzado e viu a bola desviar em Danilo Barcelos antes de enganar Fernando Miguel e entrar: 2 a 2.

As emoções seguiram na volta do intervalo. O Vasco voltou a virar aos seis minutos. Pikachu deu ótima assistência para Rossi na linha de fundo, que cruzou na área para Marcos Júnior, completamente livre, completar para o gol. O clássico se manteve bem disputado, com o Flamengo empatando mais uma vez aos 20 minutos. Em contra-ataque, Bruno Henrique partiu em velocidade, tabelou com Arrascaeta e finalizou na saída de Fernando Miguel para fazer 3 a 3.

Depois, o Rubro-Negro passou a controlar as ações e criar mais oportunidades. Em uma delas, aos 24, Gabriel recebeu cruzamento de Arrascaeta, mas furou o lance e desperdiçou a chance. E, aos 34, Vitinho fez boa jogada na linha de fundo e cruzou. Gabriel desviou, e Bruno Henrique encheu o pé para marcar mais uma vez no clássico: 4 a 3. A partida seguiu eletrizante até os instantes finais. Aos 43, Ribamar soltou uma bomba, mas viu Diego Alves fazer ótima defesa para o Fla. Mas, quatro minutos depois, o atacante não deixou passar a chance e cabeceou para marcar o quarto do Vasco e fechar o placar no Maracanã: 4 a 4.

Comentar
Piauiense 2020 · 13/11/2019 - 01h14 | Última atualização em 13/11/2019 - 01h19

Federação divulgou a Tabela do Campeonato Piauiense 2020


Compartilhar Tweet 1



 

Abertura será realizada com o jogo entre Picos e River-PI, no estádio Helvídio Nunes, dia 17 de janeiro

 

A tabela do Campeonato Piauiense de 2020 foi divulgada na tarde desta terça-feira pela Federação de Futebol do Piauí (FFP). O duelo entre River-PI, atual campeão da Série A, e Picos, campeão da Segundona, abre a primeira rodada do estadual, no dia 17 de janeiro, às 20h, no estádio Helvídio Nunes, na Cidade do Mel.

 

A primeira rodada termina dois dias depois, em Teresina, com o jogo entre Flamengo-PI e Parnahyba. 

 

Veja os jogos da  1ª rodada:

17/01: Picos x River-PI - estádio Helvídio Nunes, às 20h
18/01: Piauí x 4 de Julho - estádio Lindolfo Monteiro, às 16h
19/01: Altos x Timon - estádio Felipão, às 16h
19/01: Flamengo-PI x Parnahyba - estádio Lindolfo Monteiro, às 17h

 

O Campeonato Piauiense 2020 terá 14 rodadas com jogos em Parnaíba, Teresina, Picos, Piripiri e Altos. A fase de classificação do estadual, que garante os dois finalistas da disputa, acontece até a primeira semana de abril. Sem semifinal, os confrontos das finais do Piauiense estão agendados para os dias 08 e 15 de abril.

 

Fase de classificação: 17 de janeiro a 05 de abril

 

Os dois primeiros avançam à final

Os dois últimos colocados são rebaixados à Série B de 2021

Finais: 08 de abril (jogo de ida) e 15 de abril (jogo de volta)

 

Altos, River-PI, 4 de Julho, Timon, Picos, Parnahyba, Piauí, Flamengo-PI brigam pelo título do estadual. A FFP aguarda agora os laudos técnicos das praças esportivas para confirmar em definitivo os locais dos confrontos.

Os clubes têm até o final do mês de novembro para protocolar todos os documentos atualizados das praças esportivas.

O campeão e vice do Piauiense garantem vagas na Copa do Brasil e Série D do Brasileiro de 2020. Quem garantir o primeiro lugar também fica com a vaga direta na Copa do Nordeste. A segunda vaga do estado vai acontecer via ranking da CBF.

CONFIRA TODA A TABELA

2ª RODADA

22/01: Timon x Picos, no Lindolfo Monteiro, às 18h
22/01: 4 de Julho x Parnahyba, na Arena Ytacoatiara, às 19h
22/01: Flamengo-PI x Altos, no Lindolfo Monteiro, às 20h
26/01: River-PI x Piauí, no Lindolfo Monteiro, às 17h

3ª RODADA

25/01: Picos x 4 de Julho, no Helvídio Nunes, às 20h
27/01: Timon x Flamengo-PI, no Lindolfo Monteiro, às 20h
29/01: Altos x Piauí, no Felipão, às 16h
29/01: Parnahyba x River-PI, no Pedro Alelaf, às 19h

4ª RODADA

01/02: Picos x Altos, no Helvídio Nunes, às 20h
02/02: 4 de Julho x Timon, na Arena Ytacoatiara, às 09h
02/02: Piauí x Parnahyba, no Lindolfo Monteiro, às 17h
05/02: River-PI x Flamengo-PI, no Lindolfo Monteiro, às 20h

5ª RODADA

08/02: Piauí x Picos, no Lindolfo Monteiro, ás 16h
08/02: Parnahyba x Timon, no Pedro Alelaf, às 17h
10/02: Flamengo-PI x 4 de Julho, no Lindolfo Monteiro, às 20h
12/02: Altos x River-PI, no Felipão, às 16h

6ª RODADA

15/02: Picos x Flamengo-PI, no Helvídio Nunes, às 20h
16/02: Altos x Parnahyba, no Felipão, às 16h
17/02: Timon x Piauí, no Lindolfo Monteiro, ás 20h
19/02: River-PI x 4 de Julho, no Lindolfo Monteiro, às 20h

7ª RODADA

29/02: Timon x River-PI, no Lindolfo Monteiro, às 16h
29/02: Parnahyba x Picos, no Pedro Alelaf, às 17h
01/03: 4 de Julho x Altos, na Arena Ytacoatiara, às 09h
01/03: Flamengo-PI x Piauí, no Lindolfo Monteiro, às 17h

8ª RODADA

04/03: Parnahyba x Flamengo-PI, no Pedro Alelaf, às19h
04/03: 4 de Julho x Piauí, na Arena Ytacoatiara, às 19h
04/03: Timon x Altos, no Lindolfo Monteiro, às 20h
08/03: River-PI x Picos, no Lindolfo Monteiro, ás 17h

9ª RODADA

08/03: Altos x Flamengo-PI, no Felipão, às 16h
08/03: Parnahyba x 4 de Julho, no Pedro Alelaf, às 17h
11/03: Picos x Timon, no Helvídio Nunes, às 20h
11/03: Piauí x River-PI, no Lindolfo Monteiro, às 20h

10ª RODADA

14/03: Flamengo-PI x Timon, no Lindolfo Monteiro, às 16h
14/03: Piauí x Altos, no Lindolfo Monteiro, às 18h
15/03: 4 de Julho x Picos, na Arena Ytacoatiara, às 09h
18/03: River-PI x Parnahyba, no Lindolfo Monteiro, às 20h

11ª RODADA

18/03: Altos x Picos, no Felipão, às 16h
18/03: Timon x 4 de Julho, no Lindolfo Monteiro, às 20h
21/03: Parnahyba x Piauí, no Pedro Alelaf, às 17h
25/03: Flamengo-PI x River-PI, no Lindolfo Monteiro, às 20h

12ª RODADA

28/03: Timon x Parnahyba, no Lindolfo Monteiro, às 16h
28/03: Picos x Piauí, no Helvídio Nunes, às 20h
20/03: 4 de Julho x Flamengo-PI, na Arena Ytacoatiara, às 09h
29/03: River-PI x Altos, no Lindolfo Monteiro, às 17h

13ª RODADA

01/04: Piauí x Timon, no Lindolfo Monteiro, às 18h
01/04: 4 de Julho x River-PI, na Arena Ytacoatiara, às 19h
01/04: Flamengo-PI x Picos, no Lindolfo Monteiro, às 20h
01/04: Parnahyba x Altos, no Pedro Alelaf, às 20h

14ª RODADA

05/04: Piauí x Flamengo, no Lindolfo Monteiro, às 16h
05/04: Picos x Parnahyba, no Helvídio Nunes, às 16h
05/04: Altos x 4 de Julho, no Felipão, às 16h
05/04: River-PI x Timon, no Lindolfo Monteiro, às 16h

Comentar
Vira-vira do líder · 12/11/2019 - 00h30 | Última atualização em 12/11/2019 - 09h59

FLAMENGO VIRA SOBRE O BAHIA E AUMENTA VANTAGEM NA LIDERANÇA DA SÉRIE A


Compartilhar Tweet 1



Rubro-Negro vê Tricolor pular na frente no Maracanã, mas Reinier, Bruno Henrique e Gabigol marcam e garantem a 24ª vitória do Fla no Brasileirão

Sem saber o que é perder há 19 partidas e invicto em casa, o Flamengo fez mais uma vítima no Maracanã. Na noite deste domingo (10), o Rubro-Negro virou para cima do Bahia e venceu por 3 a 1, em duelo válido pela 32ª rodada. Arão, contra, abriu o placar para os visitantes. Reinier, Bruno Henrique e Gabigol fizeram os do Fla.

Com o resultado, a equipe carioca abre dez pontos para o Palmeiras na liderança, ficando agora com 77 pontos. O Bahia, que chegou a seis jogos sem triunfar, aparece em nono, com 43.

O Rubro-Negro controlou as ações e dominou o primeiro tempo. Poderia ter marcado em chutes de Gabriel Barbosa e Everton Ribeiro, e cabeceio de Gérson. Mas quem acabou indo para o intervalo em vantagem foi o Tricolor Baiano. Após uma sucessão de erros da defesa do Flamengo, Nino Paraíba foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Élber, que parou em boa defesa de Diego Alves. Mas, no rebote, Élber chutou, a bola desviou na perna de Arão e parou no fundo do gol.

O Flamengo voltou do intervalo e manteve o ritmo intenso, empatando logo aos 10. Gabriel Barbosa cruzou pela direita, a bola vai na medida para Reinier, que cabeceou forte para o fundo do gol. Mantendo a intensidade, a virada foi questão de tempo. Aos 26, Filipe Luís deu lindo passe de trivela para Gabriel, que invadiu a área e mandou de primeira para Bruno Henrique. O camisa 27 apareceu bem e empurrou para o fundo do gol. E ainda teve tempo para o terceiro. Aos 42, William Arão cobrou falta no travessão. No rebote, Gabigol chegou para conferir e fez o terceiro, dando números finais ao placar.

 

Comentar
Voltando a Série A · 10/11/2019 - 00h40 | Última atualização em 10/11/2019 - 08h59

Sport bate o Criciúma e fica perto do acesso à Série A


Compartilhar Tweet 1



O Sport está muito próximo de retornar à Série A do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (9), em duelo válido pela 34ª rodada da Série B, o Leão recebeu o Criciúma na Ilha do Retiro e venceu por 1 a 0, mantendo-se firme na vice-liderança da Série B. Quem também está de olho no acesso é o CRB-AL, que superou o Atlético-GO por 2 a 1 no Rei Pelé e segue vivo na disputa.

Sport 1 x 0 Criciúma

O Leão segue muito perto de retornar à elite do futebol brasileiro. Na tarde deste sábado (9), pela 34ª rodada da Série B, o Sport venceu o Criciúma por 2 a 0 e fez a festa dos 22.158 torcedores presentes na Ilha do Retiro. O gol, no entanto, saiu somente aos 35 do segundo tempo, em cobrança de pênalti convertida pelo atacante Guilherme.

Com o resultado, o Sport permanece na vice-liderança da Série B, agora com 60 pontos. Os catarinenses, por outro lado, permanecem na zona de rebaixamento, em 17º, com 31 pontos.

CRB-AL 2 x 1 Atlético-GO

O CRB-AL segue vivo em busca do acesso à Série A. Neste sábado (9), o Galo bateu o Atlético-GO por 2 a 1, no Rei Pelé, em Maceió, seguindo vivo na disputa.

Na marca dos 44 minutos do primeiro tempo, Léo Ceará aproveitou rebote na área e completou para o gol, colocando o CRB-AL em vantagem. Na volta do intervalo, logo aos cinco, Léo Ceará conseguiu outro rebote e fez o segundo dos donos da casa. O Atlético-GO descontou com Mike, aos 34 do segundo tempo. Com o resultado, o CRB sobe duas posições, aparecendo agora na sétima posição, com 50 pontos. Já o Dragão é o quarto, somando 54.

Guarani 0 x 0 Ponte Preta

Nada de bola na rede no Clássico Campineiro. Guarani e Ponte Preta empataram em 0 a 0 no Brinco de Ouro, neste sábado (9), pela 34ª rodada da Série. A igualdade não movimenta as equipes na tabela de classificação. O Bugre aparece na 14ª posição, com 40 pontos. A Macaca ocupa a 11ª colocação, com 42 somados.

Brasil-RS 2 x 2 Oeste-SP

No Bento Freitas, em Pelotas (RS), Brasil-RS e Oeste-SP empataram em 2 a 2, pela 34ª rodada da Série B. O Rubrão pulou na frente aos 32 minutos, em cobrança de falta de Mazinho. Depois, no segundo tempo, Fábio apareceu livre e fez o segundo do Oeste-SP. E, quando a vitória parecia certa, o Xavante foi guerreiro e buscou o empate. Aos 34, Guilherme Queiroz diminuiu para o time da casa. Mais tarde, já nos acréscimos, Guilherme Queiroz, desta vez em cobrança de pênalti, decretou o empate.

Com o resultado, o Brasil-RS segue em 12º, com 43 pontos. O Oeste-SP é o 15º, somando 40.


Fonte: Assessoria CBF
Comentar
Copa Nordeste 2020 · 08/11/2019 - 01h03 | Última atualização em 08/11/2019 - 07h14

River estreia fora de casa com o Náutico de Recife


Compartilhar Tweet 1



A tabela e programação de jogos da Copa do Nordeste 2020 foi divulgada nesta quinta-feira. O River-PI estreia fora de casa, contra o Náutico, e faz o primeiro jogo em casa na rodada seguinte, contra o CSA. 

 

GRUPOS DO NORDESTÃO 2020

 

A: Sport; Bahia; Fortaleza; CRB; Botafogo-PB; ABC; River-PI e Frei Paulistano.

Grupo B: Santa Cruz; Vitória; Ceará; CSA; Náutico; América-RN; Confiança e Imperatriz.

Em 2020, a competição seguirá o mesmo formato da disputada deste ano, com dois grupos de oito clubes cada. Os jogos serão realizados com times de uma chave enfrentando o rival do outro grupo, em turno único. Ou seja, cada clube faz oito jogos (quatro em casa e outros quatro fora).

Comentar
Alívio · 08/11/2019 - 00h46 | Última atualização em 08/11/2019 - 00h56

FLUMINENSE VENCE O SÃO PAULO E DEIXA A ZONA DE REBAIXAMENTO DA SÉRIE A


Compartilhar Tweet 1



Em duelo de tricolores no Morumbi, cariocas marcam com Digão e Marcos Paulo e respiram no Brasileirão

O Fluminense ganhou fôlego na luta contra o rebaixamento. Na noite desta quinta-feira (7), o Tricolor Carioca soube ser eficiente e venceu o São Paulo por 2 a 0 no Morumbi, com gols de Digão e Marcos Paulo, em duelo válido pela 31ª rodada do Brasileirão. O resultado tira o Flu da zona de rebaixamento, que agora aparece na 15ª posição, com 34 pontos. Já o Tricolor Paulista é o quinto, com 52 somados.

No Morumbi, o São Paulo foi superior durante grande parte da etapa inicial. Mas um apagão nos momentos finais complicou a equipe paulista. Aos 35, Daniel cruzou a bola na medida para Digão, que subiu sozinho e abriu o placar para o Flu. Quatro minutos depois, Caio Henrique fez linda jogada deu ótimo passe para Marcos Paulo, que tocou na saída de Volpi e ampliou para os cariocas.

A partida caiu vertiginosamente de ritmo no segundo tempo.  O Tricolor Paulista pouco ameaçou o Tricolor do Rio de Janeiro, que conseguiu fazer o tempo passar e faturar grande triunfo fora de casa na luta contra o rebaixamento.

CBF

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Assessoria CBF

Nesta terça-feira (5), presidente da CBF esteve no evento que definiu a nova sede da final da Libertadores 2019: Lima, no Peru

Nesta terça-feira (5), o Presidente da CBF, Rogério Caboclo, esteve na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai, juntamente com o vice-presidente Fernando Sarney e com Rodolfo Landim, presidente do Clube de Regatas do Flamengo, para participar da reunião oficial que definiu o novo palco da final da Copa Libertadores 2019. A grande decisão entre o clube brasileiro e o River Plate-ARG está mantida para o dia 23 de novembro, mas foi transferida de Santiago, no Chile, para Lima, no Peru.

Logo após o anúncio feito por Alejandro Domínguez, Presidente da Conmebol, Rogério Caboclo comentou sobre a saída da final da cidade de Santiago e ressaltou o espírito colaborativo do encontro.

– Foi a melhor solução dentro do possível. Todos os fatores e opções foram avaliados e houve o entendimento de todos da necessidade de mudar. Foi uma decisão responsável, visando dar conforto e segurança aos atletas e torcedores.

Inicialmente, a partida estava prevista para o Estádio Nacional, em Santiago. No entanto, os protestos no Chile há mais de três semanas levaram os dirigentes a alterarem os planos. Foi o que explicou o presidente do Flamengo.

– Foi a melhor alternativa que atendesse a todos. Foi uma decisão consciente, onde o mais importante era preservar os protagonistas envolvidos no confronto – disse Landim.

Também estavam no encontro os presidentes da AFA, Claudio Tapia, e do River Plate, Rodolfo D’Onofrio.

A grande decisão da Libertadores 2019, entre Flamengo e River, será disputada no Estádio Monumental de Lima, às 17h (de Brasília) do próximo dia 23. 

CBF

Comentar