Semiárido Piauiense · 07/02/2018 - 10h03

Iracema comemora investimentos para o semiárido piauiense


Compartilhar Tweet 1



O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) confirmou que seguirá investindo na produção familiar em zonas rurais do semiárido piauiense.  A deputada federal Iracema Portella (Progressistas) comemorou o anuncio da liberação de 20 milhões de dólares para comunidades agrícolas até 2021.

Outros 20 milhões serão disponibilizados pelo governo do Piauí, que, em parceria com a agência da ONU, desenvolve atualmente o Projeto Viva o Semiárido, uma iniciativa para fortalecer a produção local, noticiou o site das Nações Unidas no Brasil.

Dentro das ações com o FIDA, o Piauí aprovou a liberação de 7 milhões de reais para 23 municípios do semiárido. Esses recursos serão usados na implementação de planos de negócios de mais de mil famílias de agricultores familiares.

Iracema explicou que o montante está dividido entre 30 planos de investimentos, voltados para os setores da cajucultura, ovinocaprinocultura, mandiocultura, apicultura, fruticultura irrigada, avicultura, piscicultura, artesanato, suinocultura e beneficiamento de frutas.

No total, 150 termos de cooperação já foram assinados, beneficiando 6 mil famílias com investimentos de 25 milhões de reais.

Para Marineide Francisca do Nascimento Bispo, da comunidade quilombola Caraíbas, no município de Isaías Coelho, a qualificação é muito importante. “Através destas palestras, adquirimos conhecimentos, principalmente na área de gestão, que serão levados às comunidades.”

 A associação que representa a comunidade de Marineide possui 45 sócios, sendo 35 mulheres e dez jovens. Eles serão beneficiados com um investimento de quase 340 mil reais para fomentar a apicultura.

“Eu gostaria de parabenizar os gestores desse programa que é fundamental para o semiárido piauiense, uma região que sofre com as inconstâncias climáticas e precisa, cada vez mais, de projetos estruturantes, capazes de impulsionar o desenvolvimento das comunidades locais”, declarou a parlamentar piauiense. 

Comentários