Cinco anos de evolução · 03/12/2010 - 10h33

CREA: Conheça a atuação de José Borges em prol dos engenheiros e arquitetos do PI

CREA: Conheça a atuação de José Borges em prol dos engenheiros e arquitetos do PI


Compartilhar Tweet 1



Em 19 de setembro de 2010, o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-PI) celebrou 35 anos de existência. A data histórica para o Conselho mereceu uma série de comemorações ao longo deste ano e serviu ainda para consolidar um trabalho que vem sendo realizado nos últimos cinco anos, na gestão do presidente reeleito, o Eng. Agrimensor e Civil José Borges de Sousa Araújo. As marcas dessa administração são indiscutíveis e trouxeram avanços, inovações e informatização dos serviços, além de um salto na atividade finalística do Regional, que geraram ganhos para os profissionais registrados e a sociedade piauiense. Uma prova destes avanços são os números de Anotação de Responsabilidade Técnica (ARTs) emitidas: em 2006 foram 14.177, em 2009 foram registradas 24.568 ARTs, o que representa um aumento de 73%.
O espaço físico do Crea-PI também sofreu grandes alterações. A sede foi adaptada de acordo com a NBR 9050, que estabelece critérios e parâmetros técnicos a serem observados quando do projeto, construção, instalação e adaptação de edificações e mobiliário às condições de acessibilidade.
O Regional possui 11 Inspetorias e antes atuava basicamente na fiscalização da engenharia civil e arquitetura. ‘‘Hoje fiscalizamos praticamente em todas as áreas: agrimensura, segurança do trabalho, geologia, mecânica e elétrica. Com este setor mais atuante, apresentamos benefícios tanto para a população quanto para os profissionais”, afirmou José Borges. O Conselho também trabalha em defesa do interesse coletivo, fiscalizando obras como o Estádio Albertão, Barragens e estruturas por todo o Piauí. “Nossas medidas visam garantir principalmente a segurança da população’’, finaliza.


José Borges de Sousa Araújo - presidente do CREA-PI

FORMAÇÃO Eng. Agrimensor, Eng.Civil e Bacharel em Direito. Pós-graduado em Eng. de Transporte; Perícias de Engenharia; Perícias, Auditoria e Gestão Ambiental; Georreferenciamento e Geoprocessamento. Empresário e sócio-proprietário da Ecol Engenharia.
ATIVIDADE Imprime nova dinâmica na Administração e Informatização do Regional, deixando uma marca indelével de realizações. Possui elevada aprovação entre os profissionais da área tecnológica.
DESAFIO Administrar uma autarquia com poucos recursos e muitas atribuições.

CINCO ANOS DE EVOLUÇÃO

2006 - Horário de atendimento passou a ser integral – Funcionando de 8h às 18h.
Criação do site institucional
Implantação do Sistema Minerva
Criação do Creajr-Pi
Criação da Controladoria
Implantação das FPI’s (Fiscalização Preventiva Integrada)
Instalação de posto de pagamento na sede do Crea
Programa de Recadastramento Nacional de Profissionais

2007 - Criação da ART online
Parceria com a ABNT
Criação do GT de Acessibilidade
Adaptação da sede às normas de acessibilidade
1º Congresso Norte-Nordeste de Agronomia
Aquisição da sede da Inspetoria de Parnaíba
Vistoria Técnica do Aeroporto de Teresina
Certidão de quitação emitida gratuitamente pelo site

2008 - Criação do denúncia online
Aquisição da sede da Inspetoria de Uruçuí
Criação do GT do Salário Mínimo Profissional
Realização da XIII FECON FPI no Estádio Albertão
Realização de Concurso Público FPI no Porto de Luís Correia-PI

2009 - Implantação do novo site do Regional
Criação do Projeto Fiscalização Itinerante
Instalação da Inspetoria de Paulistana
Fiscalização nos Cartórios de Registro de Imóveis do Piauí
Criação do Banco de Empregos
FPI na Barragem de Algodões
Doação de terrenos pelas prefeituras de Corrente e Água Branca para construção de Inspetorias nesses municípios

2010 - Solenidade de posse dos inspetores de Campo Maior
Realização da XIV FECON
Lançamento do livro “Visão Histórica do Crea-PI’’
Reinauguração da galeria dos ex-presidentes
Criação do selo comemorativo pelos 35 anos
Realização do 7º CEP
Primeira entrega da homenagem ‘‘Láurea ao Mérito’’
Em 2011, o Crea-PI realizará o VI Seminário Nacional de Acessibilidade, vai inaugurar o novo Sistema Corporativo de Processamento de Dados e continuará a reestruturação do departamento de fiscalização.

UMA GESTÃO DE RESULTADOS


Fiscalização - A atividade de fiscalização do Crea-PI é de extrema importância para a sociedade. Para exercer tal função com excelência, o Regional dispõe de uma nova frota de veículos, caminhonetes e reboques, além de motocicletas para visitas aos locais de difícil acesso. Desde o ano passado o Conselho conta com a Fiscalização Itinerante. Para denunciar obras e serviços irregulares, ligue (86) 2107-9276 ou no link “Denúncia Online” do site www.crea-pi.org.br

Inspetorias - O Crea-PI conta com 11 Inspetorias situadas nas seguintes cidades: Bom Jesus, Campo Maior, Corrente, Floriano, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Picos, Piripiri, São Raimundo No-nato e Uruçuí. As Inspetorias aproximam o Regional dos profissionais, facilitam o atendimento a sociedade e descentra-lizam os serviços, que são os mesmos disponibilizados na sede.

Grupos de Trabalho - O Regional prioriza não apenas a segurança das obras, mas também a valorização dos seus profissionais. Além do Grupo de trabalho de Acessibilidade, foi instituído o GT do salário mínimo profissional para garantir o cumprimento da lei 4.950-A – que dispõe sobre a remuneração dos profissionais da Engenharia, Arquitetura, Agronomia e Veterinária, nas entidades públicas.

Láurea ao mérito - Na XIV Feira e Congresso Internacional de Engenharia e Arquitetura foram concedidas honrarias aos profissionais que se destacaram pelos relevantes serviços prestados à Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Foram entregues 17 medalhas a personalidades vivas e realizadas 10 inscrições in memorian no Livro do Mérito do Crea-PI.

XIV FECON SUPEROU EXPECTATIVAS DE PÚBLICO E DE CRÍTICA


Teresina sediou, de 19 a 22 outubro, a XIV FECON - Feira e Congresso Internacional de Engenharia e Arquitetura. O evento foi um sucesso e contou com a participação de profissionais, estudantes, empresas privadas e instituições públicas.
Os mais de 700 inscritos puderam participar de palestras, cursos, minicursos e conferir a Feira de Exposição de empresas ligadas ao setor. As palestras abordaram os mais diversificados e atuais temas, trazidos por profissionais especialistas e que geraram cinco documentos de vertentes diferentes, que serão levados às autoridades piauienses como forma de diminuir e/ou reverter os problemas evidenciados no Estado. “Esses relatórios têm como objetivo propôr que os assuntos relevantes discutidos na Feira tenham um encaminhamento positivo e não caiam no esquecimento”, disse o presidente do Crea-PI, Eng. Agrim. e Civil José Borges Araújo.
Um dos destaques desta edição, foi a palestra internacional que aconteceu na abertura do evento. O italiano Mirco Cecchinato, especialista em bioarquitetura explicitou conceitos, modelos, técnicas e forneceu dicas de como os projetistas podem executar projetos ecologicamente corretos de casas, condomínios, prédios privados e públicos.
Na XIV Fecon foram discutidos temas de extrema relevância para o Estado: as subsidências ocorridas em Teresina nos últimos anos, as Barragens do Piauí, o futuro do trânsito, a susten-tabilidade, dentre outros. Segundo o presidente, o evento superou todas as expectativas. “A procura foi intensa, a participação dos congressistas foi valorosa e extremamente satisfatória”, declarou.


Abertura da XVI FECON