Evite gastos com energia · 14/04/2015 - 15h00

Como reduzir o gasto com a conta de energia com dicas simples para o dia a dia

Como reduzir o gasto com a conta de energia com dicas simples para o dia a dia


Compartilhar Tweet 1



O gasto com a conta de energia é motivo de preocupação para muitas famílias brasileiras, mas o valor sofrer redução considerável com a substituição de alguns eletrodomésticos. O uso inconsciente de equipamentos elétricos pode contribuir para valor alto da conta no final do mês.

Desligue a iluminação de ambientes desocupados ou que seja estritamente decorativa. Equipamentos como "dimers", que controlam a intensidade da luz, e sensores de presença, que se acendem somente quando há circulação de pessoas, podem ser usados, resultando em significativa economia energética.

De acordo com a pesquisa, o horário de consumo em residências não interfere na cobrança da taxa de energia. Já para o consumidor comercial, a taxa varia conforme as faixas de horário. “No caso de um consumidor residencial, não muda o valor da cobrança se o aparelho, por exemplo, for ligado às 10h ou às 22h”.

Dicas importantes:

- Lâmpadas
Trocar as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes, a redução chega a 80%. Oito horas por dia em um mês a lâmpada incandescente gastará R$ 6. No mesmo período, a lâmpada fluorescente gasta R$ 1,80. Durante o período do dia, manter janelas e cortinas abertas evita a necessidade de ligar a luz elétrica.


- Microondas ou fogão?
É de extrema importância o consumidor optar pelo fogão a gás e evitar o uso do microondas. “Se tiver uma opção entre fogão e microondas, não há o que se discutir: o fogão gasta menos energia”.


- Televisão
Desligar a televisão se não houver ninguém assistindo e optar por TVs de tecnologia LED, mais econômica do mercado em relação ao consumo de energia, é uma boa escolha a se fazer para diminuir o gasto. Se o consumidor ficar um longo período fora da residência, o alerta é para que desligue o aparelho da tomada, assim evitará o desperdício de energia.


- Geladeira
Evitar a frequência de abertura da porta da geladeira ajuda a gastar menos energia. O trabalho para o aparelho refrigerar o calor que entra a cada abertura da porta, obriga a geladeira utilizar mais energia. Além disto, é necessário verificar frequentemente a borracha de vedação da porta. Com a borracha ressacada, a entrada de ar externa será frequente aumentando o consumo de energia.

Dica: “Coloque uma folha de papel na parte onde fecha a porta. Se ela facilmente sair é porque a borracha não está mais fixando bem, o que gera a saída de ar”, deixe a geladeira afastada 15 centímetros da parede, para evitar contato com fonte de calor assim como fogão e o sol, além de não colocar roupas ou sapatos atrás do aparelho.


- Ar-condicionado
Recomenda-se o uso do ar condicionado tipo central do que o ‘ar-condicionado de janela’.Os condicionadores de ar instalados em caixas externas mantém o compressor ligado constantemente, fazendo com que o consumo de energia seja muito alto. Utilizando o ar-condicionado tipo central o consumo sofre uma redução de cerca de 40%.

Para quem utiliza o aparelho de ar tipo central, é melhor manter as janelas e portas fechadas, além de ajustar a temperatura em 23°C. “Se a pessoa colocar em uma temperatura inferior, o compressor não desligará nunca, fazendo com o que o consumo de energia seja sempre alto”. O engenheiro explica ainda que o ar- condicionado é responsável por, no mínimo, 50% do consumo total de energia de uma residência, dependendo da formatação.

- Ferro de passar e máquina de lavar
Ferro de passar roupa e máquina de lavar devem ser utilizados em sua alta capacidade para evitar grande desperdício de energia. No caso do ferro o uso deve ser feito quando tiver grande quantidade de roupas para passar. A máquina de lavar deve ser utilizada com a capacidade máxima, já que tem o mesmo desempenho mesmo com pouca roupa.


- Computador
Às pessoas que utilizam computadores de mesa, os aparelho deve ser desligado após o uso ou ser colocado em modo de ‘stand by’.. “Estudos comprovaram que o computador chega a representar 15% do consumo de uma família”.


- Chuveiro elétrico
Utilizar desligado, quando não há consumo nenhum de energia, ou na posição ‘verão’, que a água fica em uma temperatura morna. “A duração do banho deve ser pensado pois além do gasto de energia há o desperdício de água”.


Fonte: Internete