Regularização do trânsito · 10/06/2014 - 11h21

Audiência pública discute regularização do trânsito


Compartilhar Tweet 1



Organizada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Governador Nunes Freire, uma audiência pública realizada na manhã do dia 5 de junho, no auditório da Câmara de Vereadores de Governador Nunes Freire, discutiu a implementação de políticas de educação e proposta de municipalização do trânsito nas cidades de Governador Nunes Freire, Centro do Guilherme e Maranhãozinho.

Durante o evento, o promotor de justiça Hagamenon de Jesus Azevedo, da Comarca de Governador Nunes Freire, ressaltou que o Ministério Público realizou várias ações sobre o tema, a exemplo da Recomendação expedida aos três gestores municipais da Comarca para a implementação das fases de municipalização do trânsito e para o disciplinamento e promoção de campanhas educativas.


Compartilhar Tweet 1



O estupro de vulnerável foi o enfoque dado pela titular da Comarca de Governador Nunes Freire, juíza Cynara Elisa Gama Freire, em audiência pública ocorrida no último dia 25 de abril, no Ginásio Poliesportivo Gilderlan da Silva Sousa, no Município de Centro do Guilherme, que é termo judiciário da comarca. Além do estupro de vulnerável, a audiência abordou a violência conta a mulher.

A ação foi fruto da parceria do Poder Judiciário com a Polícia Civil em Governador Nunes Freire, por meio do projeto ‘Delegacia Geral na Comunidade – Levando Cidadania a todo o Maranhão’, parceria essa solicitada pela magistrada em ofício encaminhado à delegada geral da Polícia Civil do Maranhão,


Compartilhar Tweet 1



Por determinação do Superintendente de Policia Civil do Interior, Jair Lima de Paiva equipes de investigadores lotados na Delegacia de Governador Nunes Freire, com o apoio de policiais civis da SPCI, deflagraram na última quinta-feira (24), a Operação DPVAT, no município de Governador Nunes Freire.

A ação foi coordenada pelo delgado Ricardo Pinto Aragão, titular do distrito de Governador Nunes Freire, e teve como objetivo dar cumprimento a três mandados de prisão temporária em desfavor de José Maria de Oliveira, 44 anos; Raimundo de Castro, o “Juçara”, 38 anos e Maria Castro Teixeira de 57 anos. Eles são suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em falsificação de certidões de óbitos para receber o seguro DPVAT.

Na Assembleia Legislativa · 12/03/2014 - 10h49

Deputados cobram rigor para apurar morte do vereador Paulo Lopes Sales


Compartilhar Tweet 1



A Assembleia Legislativa do Maranhão emitiu, nesta terça-feira (11), nota de pesar pelo falecimento do vereador Paulo Lopes Sales (PT), de Governador Nunes Freire, ocorrido ontem (10) no Hospital Djalma Marques, em São Luís. A Casa encaminhou requerimento à Secretaria de Estado de Segurança Pública, cobrando rigor na apuração do rumoroso caso que intriga a região do Alto Turi.

Na nota, o presidente Arnaldo Melo lamentou que o vereador Paulo Sales, combativa liderança da região, estava hospitalizado desde o sábado (8), após ter sido encontrado desacordado ao lado da sua moto, na BR-316, entre as cidades de Maracaçumé e Governador Nunes Freire, com graves hematomas na cabeça. Há suspeita de que ele tenha sido assassinado.

Exoneração de servidores · 28/08/2013 - 11h33

A pedido do MP, Justiça anulou ato que exonerou servidores municipais


Compartilhar Tweet 1



Por decisão da Justiça, foi revogado ato administrativo do prefeito de Governador Nunes Freire, Marcel Everton Dantas Silva, que determinou, em 20 de fevereiro deste ano, a anulação de nomeação de candidatos classificados como excedentes no concurso público de 2010.

A sentença da juíza Raquel Araújo Teles de Menezes, do dia 22 de agosto, determinou a reintegração dos servidores nomeados e empossados pelo Edital de Convocação de 26 de novembro de 2012 e atos posteriores, no prazo máximo de 15 dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil.

O município de Governador Nunes Freire foi condenado ainda ao pagamento dos salários não pagos no período em que os servidores municipais estiveram indevidamente afastados, cujos valores deverão ser corrigidos monetariamente pelo INPC.