Geral

Vírus altamente contagioso · 30/06/2020 - 09h49

Uso correto de máscaras ainda é uma das principais armas no combate ao coronavírus

O tipo de proteção facial recomendado, segundo a Organização Mundial de Saúde, é a máscara tripla


Compartilhar Tweet 1



O uso de máscara durante a pandemia do coronavírus tornou-se uma das medidas mais importantes para evitar a disseminação da doença. Com o início do processo de reabertura das atividades econômicas em Teresina, anunciado pela Prefeitura para o próximo dia 6 de julho, essa precaução se faz indispensável para a população que precisar sair do isolamento.

O tipo de proteção facial recomendado, segundo a Organização Mundial de Saúde, é a máscara tripla. “Isso porque as pessoas não estão mantendo a distância recomendada. Se você estiver usando máscara que não seja tripla, por favor procure ficar a dois metros de distância uns dos outros”, explica a gerente de Vigilância Sanitária da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Jeanyne Seba.

O novo coronavírus é altamente contagioso e se espalha facilmente, através da fala e até da respiração. Ele tem um longo período de incubação, até 14 dias, um amplo intervalo de tempo para as pessoas infectarem outras antes mesmo de saberem que estão doentes. Os portadores podem ser mais contagiosos nas 48 horas antes de apresentarem sintomas, e existem também pessoas assintomáticas, que transmitem o vírus sem manifestar nenhum sintoma.

“Todos devem usar máscara quando tiverem que sair de casa para proteger a si e aos outros. Por existirem indivíduos assintomáticos, não há como saber se você ou a pessoa que está próxima de você está doente só pela aparência, então a melhor prevenção é o uso adequado de proteção facial”, explica a gerente.

Jeanyne enfatiza também que não é só usar a proteção facial, mas usá-la corretamente. “Tem que lavar bem as mãos antes de pegar na máscara e segurar sempre pela haste, jamais pela frente. Ponha a máscara cobrindo o nariz, a boca e o queixo, e tenha sempre uma de reserva. Quando chegar em casa, retire o equipamento e coloque imediatamente para lavar com água e sabão”, informa.

Em Teresina, a Prefeitura já havia decretado, em abril deste ano, que trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público da cidade que prestam serviços essenciais devem usar proteção facial em seus locais de trabalho e é de responsabilidade dos estabelecimentos, órgãos e instituições empregadoras fornecerem máscaras de tecido aos seus trabalhadores. Em caso de descumprimento do decreto, os órgãos e instituições sofrem penalidades legais.


Fonte: Com informações da PMT

Comentários