Geral

Retomada pode ser remota · 24/09/2020 - 10h08

Universidade Federal do Piauí ainda não definiu data para retorno presencial das aulas

Em nota, a UFPI informa que o retorno só ocorrerá quando se identificarem condições sanitárias e estruturais seguras e adequadas


Compartilhar Tweet 1



A Universidade Federal do Piauí (UFPI), através da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PREG), divulgou nota onde informa que ainda não há prazo para a retomada das aulas presenciais e de outras atividades acadêmicas por conta da Covid-19.

Nesta semana, após autorização do Centro de Operações Emergenciais do Piauí (COE), o Governo do Estado autorizou o retorno das aulas para os estudantes do 3º do ensino médio, do Pré-Enem e estágios educacionais na área da saúde. Mas esse retorno só acontecerá após as escolas apresentarem os protocolos de segurança. A rede estadual programou o retorno das aulas para o dia 19 de outubro com os alunos do 3º ano do ensino médio. As escolas da rede municipal de Teresina ainda não definiram data para o retorno.

Em nota, a UFPI informa que o retorno só ocorrerá quando se identificarem condições sanitárias e estruturais seguras e adequadas, para tanto, indicadores estão sendo construídos junto ao Comitê Gestor de Crise (CGC) institucional.

Neste mês de setembro, foi iniciada a discussão sobre a retomada do Calendário Acadêmico 2020.1, de forma remota, junto aos cursos de graduação da UFPI. Tem-se apresentado uma proposta de calendário e, a partir dela, recebido contribuições da comunidade acadêmica para a construção da resolução que servirá de amparo para a execução de um próximo calendário, assim como ocorreu na construção do calendário 2020.3, a comunidade acadêmica está sendo instada a se manifestar.

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA

A Universidade Federal do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PREG), acerca do calendário 2020.1 e da retomada presencial das atividades acadêmicas, informa que:

▪ O retorno presencial, nas instalações da UFPI, só ocorrerá quando se identificarem condições sanitárias e estruturais seguras e adequadas, para tanto, indicadores estão sendo construídos junto ao Comitê Gestor de Crise (CGC) institucional.

▪ O calendário de internato do curso de Medicina obedece às Diretrizes Curriculares Nacionais para cursos de medicina/MEC. Estando em construção, nesta IFES, uma proposta de retorno às atividades do internato, com base nos regramentos emitidos pelos Ministérios da Educação e Saúde, acadêmico-institucional e protocolos sanitários nas esferas federal, estadual e municipal. Ressalta-se ainda que o Calendário do Internato da Medicina ainda será deliberado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, CEPEX.

▪ A orientação desta Pró-Reitoria para o curso de medicina é que se iniciem os contatos com os discentes a fim de discutirem sobre protocolos de segurança para o enfrentamento da pandemia COVID-19, para, depois de aprovados, poderem reiniciar o internato de forma gradual e segura.

▪ Neste mês de setembro, foi iniciada a discussão sobre a retomada do Calendário Acadêmico 2020.1, de forma remota, junto aos cursos de graduação da UFPI. Tem-se apresentado uma proposta de calendário e, a partir dela, recebido contribuições da comunidade acadêmica para a construção da resolução que servirá de amparo para a execução de um próximo calendário, assim como ocorreu na construção do calendário 2020.3, a comunidade acadêmica está sendo instada a se manifestar.

Assim, reiteramos que esta Pró-Reitoria defende uma construção coletiva, com a participação ativa da comunidade acadêmica, para que possamos atravessar esse momento desafiador, de forma segura e responsável com a vida, com a comunidade interna e externa a UFPI.


Fonte: Com informações da Ascom

Comentários