Geral

Marido é principal suspeito · 27/05/2012 - 13h01

Um ano após homicídio, corpo de mulher é exumado em Curimatá

O corpo está com lesões na face, costelas dos dois lados e no quadril


Compartilhar Tweet 1



Neste domingo (27/05), uma equipe do Instituto Médico Legal de Teresina foi até o município de Curimatá, região sul do Piauí para fazer a exumação de um corpo.

A sepultura aberta foi a de Irisvandeilde Barbosa que foi encontrada morta em uma várzea perto da sua residência que fica no bairro Nova Curimatá, naquele município, em maio de 2011.

De acordo com o delegado Dr. Danúbio Dias que deu continuidade ao caso, o principal suspeito do crime é o seu marido Robervan que está foragido. A vítima chegou a fazer queixa do seu marido onde chegou a afirmar que havia sido ameaçada de morte.

"Não podemos adiantar exatamente tudo que foi encontrado de forma descritiva, pois as provas serão analisadas, mais o que se confirmou foi o homicídio", afirmou o perito do IML, Dr. Raimundo Nunes.

O corpo está com lesões na face, costelas dos dois lados e no quadril, segundo informações detalhadas no laudo inicial.


Fonte: Cidadesdosul.com