Geral

Acidente grave na BR-316 · 15/12/2014 - 15h17 | Última atualização em 16/12/2014 - 13h26

TRAGÉDIA: Colisão matou 5 passageiros e dois motoristas

ÔNIBUS DA TRANSBRASILIANA colidiu em caminhão; Criança e dois homens escaparam


Compartilhar Tweet 1



A Polícia Rodoviária Federal e a perícia já localizaram, entre os destroços, os corpos de sete vítimas do acidente desta manhã de segunda-feira (15/12) entre um ônibus da Transbrasiliana e um caminhão, na BR-316, trecho a 3km do município de Monsenhor Gil. Ainda não há confirmação de quantas pessoas estavam dentro do ônibus no momento do acidente, mas a última informação repassada à PRF era de que 8 passageiros e mais 2 motoristas saíram no ônibus da Rodoviária de Floriano, rumo a Teresina.

Somente por volta de 14h30, a perícia chegou ao local. No momento, os peritos reviram os destroços para tentar identificar a quantidade exata de corpos no local da explosão.

Até agora, dos mortos, tem-se apenas a identidade do motorista do caminhão tanque, Cheivan Vieira de Sousa, de 33 anos, que morava em Cristino Castro. Ele trabalhava há dois anos com transporte de combustível, à serviço do tio, que é dono de um posto de combustível. Ele seguia de Teresina para a cidade no Sul do Estado. Separado e sem filhos, ele morava com o pai e a irmã.

Quando passou por Teresina, Cheivan iria parar para dar carona a um familiar, mas na pressa, acabou deixando-o na capital e seguiu viagem. Infelizmente, foi vítima da tragédia no caminho.

NOMES DAS VÍTIMAS
Estavam no ônibus
1. Antonio Francisco dos Santos (motorista)
2. Rian de Sousa Santos
3. José Bezerra Neto
4. Wilton da Silva Abreu
5 e 6. Dois corpos de mulheres foram encontrados que podem ser de: Valderleia Alves Feitosa, Flaviana da Silva Sousa ou Ana Silva Oliveira

Estava no caminhão
7. Cheivan Vieira de Sousa

Leia a primeira matéria do caso

FERIDOS TRAZIDOS PARA TERESINA
Estão internados no Hospital de Urgência de Teresina, o motorista do ônibus Francisco José do Espírito Santo, com várias queimaduras pelo corpo, a menina Vitória de 5 anos e José Carlos Alves de Andrade, que possui múltiplas fraturas pelo corpo e passará por várias cirurgias.

A menina foi resgatada por um motorista que passava no local e conseguiu tirá-la pela janela do ônibus. Ela possui queimaduras na face e na cabeça. Já Francisco José, chama o tempo todo pelo filho, que estaria dentro do ônibus e seria uma das vítimas da tragédia – informação esta ainda não confirmada. Os dois foram transferidos para o setor de queimados do hospital.

O caso de José Carlos é considerado um pouco mais grave. Ele passará até o final da tarde desta segunda por cirurgias, e seu estado inspira cuidados também pela grande quantidade de fumaça inalada no momento da explosão.

ÔNIBUS SAIU SÁBADO, DE GOIÂNIA
No box da Transbrasiliana, localizado na Rodoviária de Teresina, a reportagem do 180 foi informada de que em Goiânia, 7 pessoas embarcaram no ônibus, ainda no sábado (13/12), às 12h59. Mas nesta linha, é comum que muitos passageiros entrem em rodoviárias de outras cidades no trajeto até a capital piauiense.

TRÁFEGO FICOU PARADO POR 2 HORAS
Por volta de 13h, a Polícia Rodoviária Federal começou a liberar o tráfego da rodovia BR-316, a 3km de Monsenhor Gil, no local da colisão entre um ônibus da Transbrasiliana e um caminhão tanque. Os veículos explodiram na colisão. Com a explosão, a PRF decidiu parar no transito no trecho, o que provocou um congestionamento de até 10km, em ambos os sentidos. As chamas atingiram grandes proporções e deixou os dois veículos completamente destruídos. Do ônibus, quase nada restou.

Fotos: Jhone Sousa/ Fábio Carvalho/ Alberto Dias