Geral

Taxa de crescimento vem caindo · 01/07/2020 - 13h34 | Última atualização em 01/07/2020 - 16h10

"Teresina atingiu platô de circulação do coronavírus", diz prefeito Firmino Filho

O resultado da sondagem apresentado nesta quarta-feira mostra também que a taxa de crescimento do vírus segue caindo


Compartilhar Tweet 1



O prefeito Firmino Filho afirmou que Teresina já atingiu o platô de circulação do novo coronavírus, de acordo com os dados da 11ª etapa da pesquisa de investigação sorológica, realizada pela Prefeitura de Teresina entre os dias 26 a 28 de junho. O resultado da sondagem apresentado nesta quarta-feira mostra também que a taxa de crescimento do vírus segue caindo, tendo chegado a 7%, e que a taxa de contágio, denominado de R0 (R-zero), continua em torno de 1.  

Quanto ao número de infectados, o histórico das pesquisas mostra que o pico da Covid-19 foi entre 05 e 07 de junho, onde o número de pessoas com o vírus ativo foi de 41.340.  De lá pra cá, foi registrado o mesmo patamar de infecção ativa e, essa semana, o número de pessoas com o IgM positivo foi de 37.448. “Esses dados nos induzem a pensar que estamos dentro de um momento de platô. O R0 também vem caindo semana pós semana e estamos muito próximo de 1”, analisou o prefeito.

Durante a videoconferência com a imprensa, Firmino mostrou que, até a etapa nove, o crescimento do vírus foi muito elevado e agora percebe-se uma desaceleração, com taxas cada vez menores nas últimas semanas. “Provavelmente, esse número significa o nosso pico e isso nos dá algum parâmetro para que a gente possa estimar as próximas semanas, especialmente para a tomada de decisão quanto à retomada das atividades econômicas”, disse.

O número de casos positivados nesta etapa da sondagem foi de 167.175, o que representa 29 vezes mais que os 5.856 casos confirmados oficialmente divulgados pelo Centro de Operações de Emergência da Fundação Municipal de Saúde (FMS). Desse total de positivados atestados pela pesquisa, 37.448 estão com o vírus ativo e podem transmitir a doença.

O prefeito alertou que o pico de circulação do vírus não bate com o pico de internações e de óbitos, sendo necessário um esforço maior de todos para a redução dos números. “A ideia é que possamos fazer, durante todo o mês de julho, essa política de medidas mais restritivas durante os finais de semana para que possamos melhorar os nossos índices de isolamento social, dando continuidade ao nosso planejamento para a retomada das atividades de forma mais segura para a população”, destacou o prefeito, ressaltando que a Prefeitura vem fazendo sua parte e está trabalhando para aumentar a quantidade de leitos de UTI e de enfermaria.

Um dado bastante positivo nesta etapa da sondagem em relação à idade das pessoas positivadas é que os maiores de 70 anos não pontuaram e o índice ficou em 0%.  Outra faixa etária que se mostrou também com baixo índice de infecção foi a de 45 a 54 anos, com 3%.  As pessoas de 55 a 69 anos representam 8% dos positivados. Os jovens de 15 a 24 anos e as crianças e adolescente de 0 a 14 anos aparecem, respectivamente, como 18% dos casos.  Já na idade entre 25 a 34 anos esse índice sobe para 23%.  E os adultos entre 35 a 44 anos foram os mais infectados e aparecem como 31% dos positivados para a Covid-19.

A zona Norte da cidade continua com um aumento preocupante em relação ao número de pessoas positivadas para o novo coronavírus. Nesta décima primeira etapa da pesquisa sorológica, a zona Norte aparece com 38% dos casos, na sondagem anterior esse número foi de 34%. Já a zona Sul reagiu positivamente no que diz respeito à etapas anteriores e representa agora 21% dos positivados (na sondagem anterior o índice foi de 31%). A zona Leste teve um leve aumento e aparece com 23% dos casos. A zona Sudeste segue a tendência da semana passada e o índice de positivados é de 18%.

VEJA AQUI TODOS OS GRÁFICOS

 


Fonte: Com informações da PMT

Comentários