Geral

Aconteceu na UFPI · 31/05/2012 - 19h27

Qual será o futuro do jornalismo e da Tv?

Encerramento de Seminário foi marcado pela curiosidade dos estudantes sobre a TV digital


Compartilhar Tweet 1



Nesta quarta feira a Universidade Federal do Piauí encerrou o Seminário Internacional de Pesquisa em Economia política do Jornalismo, realizado no CCE, no campus da universidade em Teresina. O assunto de encerramento foi a TV digital, conduzido pelo professor piauiense Ms. Carlos Monteiro, da Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul) de São Paulo.

Dentre alguns dos comentários do professor durante a palestra, chamou atenção quando ele disse que o “modelo brasileiro [de TV digital] é o mais moderno do mundo, passando inclusive o modelo japonês”. Segundo Carlos Moneiro, isso se deve ao trabalho de pessoas como o professor Dr. Luiz Fernando Soares (Puc – RJ) e professor Dr. Guido Leme (Universidade Federal da Paraíba), que aperfeiçoaram esse modelo.

De acordo com o palestrante, o a Tv digital no Brasil permite quatro conteúdos liberados para TV’s estatais da União (Governo Federal), permitindo, ao mesmo tempo, ensino à distância, seminários, uso de aplicativos para serviços públicos interativos como acesso à Caixa Econômica, Banco do Brasil, Previdência Social.

A idéia, comenta o professor, é dar acesso, por meio da TV, a serviços aos quais pessoas da realidade do Piauí deixem de viajar grandes distâncias apenas para tirar um extrato bancário, por exemplo, além de possibilitar a expansão da educação.

Por isso Carlos Monteiro encerra o Seminário, convidando os estudantes da UFPI a criar um canal educativo da própria Universidade, explorando recursos como o da multiprogramação, visando atingir mais pessoas, com mais e melhor conteúdo “não se preocupando apenas com o banco da faculdade”.