Geral

R$ 11 milhões em investimentos · 12/08/2020 - 15h06

Prefeito Firmino autoriza início da urbanização das hortas na Avenida Noé Mendes

O projeto de requalificação das hortas comunitárias prevê a criação de um parque linear ao longo de toda a avenida


Compartilhar Tweet 1



O prefeito de Teresina, Firmino Filho, assinou nesta quarta-feira, 12, a ordem de serviço que autoriza o início das obras de requalificação dos 4,5 km entorno das hortas comunitárias que ficam ao redor da Avenida Noé Mendes. Na oportunidade, o gestor, acompanhado do superintendente de Desenvolvimento Urbano Sudeste, Isaac Meneses, visitou algumas das obras que estão sendo retomadas na zona Sudeste da capital.

O projeto de requalificação das hortas comunitárias prevê a criação de um parque linear ao longo de toda a avenida, visando a valorização não só das hortas, mas também a qualidade do meio ambiente e a mobilidade de pedestres e ciclistas. Cerca de R$ 11 milhões serão investidos no local, oriundos de empréstimo com o Banco do Brasil e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), com contrapartida do município.

    Foto: Rômulo Piauilino

As obras  da horta são divididas em trechos e iniciam com a construção de canteiros na seção que compreende desde a Rua Carlotinha Brito até a Rua Camilo Filho. “A área é composta por seis trechos, divididos em duas licitações. A primeira, que já está aprovada, corresponde aos trechos 4, 5 e 6. A obra vai iniciar no trecho 4, onde atualmente não tem horticultores trabalhando. Já nos trechos 5 e 6 estamos fazendo uma parceria com a Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR) para remanejamento dos produtores para um outro local, onde possam continuar trabalhando durante o andamento das obras”, explicou o prefeito.  A segunda licitação para início das obras dos trechos 1, 2 e 3 já foi concluída e está em fase de análise na Codevasf.

Foram visitados sete pontos da região que estão recebendo investimentos. São projetos em diversas áreas, como infraestrutura, mobilidade urbana, saúde e lazer. “Visitamos várias obras da região. São projetos importantes não apenas do ponto de vista social, mas que também se mostram inovadoras em sua metodologia construtiva”, destacou o superintendente de Desenvolvimento Urbano Sudeste, Isaac Meneses.

Os gestores também visitaram as obras de construção da sede provisória para os permissionários do Mercado do Renascença II, que recebe investimentos em torno de R$ 3,6 milhões da Prefeitura, com a reforma geral prevista para início ainda neste ano. Antes da reforma, a SDU está construindo um espaço para remanejamento dos trabalhadores do mercado, que poderão continuar com as atividades comerciais durante o período da obra. O espaço já está em fase de conclusão, com inauguração prevista para o final de agosto.

A zona Sudeste recebe ainda serviços e obras nas áreas de Saúde e Educação. No bairro Gurupi  está sendo construído o primeiro Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Teresina, que vai disponibilizar atendimento especializado e serviços de diagnóstico. No bairro Porto Rico está sendo construída uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS). No Dirceu I diversas ruas estão sendo asfaltadas. No Loteamento Manoel Evangelista, está em fase final de construção um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), que funcionará em tempo integral.


Fonte: Com informações da PMT

Comentários