Geral

Iniciará com 60 prefeituras · 20/01/2021 - 17h47

PPP Piauí Cidades Inteligentes é apresentado ao presidente da APPM

De acordo com o projeto, a PPP Piauí Cidades Inteligentes começará inicialmente com 60 prefeituras


Compartilhar Tweet 1



A Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc) apresentará o projeto de PPP Piauí Cidades Inteligentes aos prefeitos municipais em evento que será realizado no dia 9 de fevereiro, no auditório da Associação Piauiense de Municípios (APPM). Na manhã desta quarta-feira (20), a superintendente Viviane Moura fez a apresentação formal do projeto ao presidente da entidade, prefeito Paulo César Bandeira.

“A PPP propõe a oferta de alternativas para a implantação de infraestrutura que melhore os serviços prestados aos cidadãos”, resume Viviane Moura.

Segundo o presidente da APPM e prefeito de Francinópolis, Paulo César, antes mesmo de conhecer formalmente o projeto, já havia percebido o interesse dos gestores em se habilitar. “Trata-se de inovar e modernizar cidades”, afirmou.

De acordo com o projeto, a PPP Piauí Cidades Inteligentes começará inicialmente com 60 prefeituras. O edital de credenciamento estará disponível a partir da apresentação aos gestores. Para garantir segurança e seguir as regras de distanciamento social, o evento contará com apenas 40 participantes presenciais mas poderá ser acessado através do canal de Youtube do Governo do Estado do Piauí, inclusive com interatividade.

“ Vamos dar suporte para que as prefeituras, mesmo nesse momento de crise, no pós pandemia possam atender às demandas da população. A PPP Piauí Cidades Inteligentes vai apoiar os municípios na estruturação de projetos em setores estratégicos de infraestrutura municipal, como saneamento, iluminação pública, energia solar e conectividade”, assegurou Viviane Moura.

Em parceria com o Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades (IPGC), que também será responsável pela operacionalização, foi elaborada uma cartilha para que os gestores possam receber as principais informações sobre o Projeto.

“A PPP Cidades Inteligentes é uma parceria que chega no momento certo. Sem ela, os municípios não teriam capacidade de promover ações estruturantes diante do atual cenário”, avalia Paulo Cesar Bandeira. A APPM será responsável pela convocação dos interessados, incluindo os representantes de associações regionais de prefeituras.


Fonte: Com informações da Ascom

Comentários