Geral

Fique por dentro! · 11/03/2011 - 09h46

Por que os homens gostam tanto, mas tanto do sexo anal?

Por que os homens gostam tanto, mas tanto do sexo anal?


Compartilhar Tweet 1



O prazer masculino vai muito além das fronteiras do proibido, do fetiche. Simplicar o furor anal a constante recusa da maioria das mulheres – quando em ambientes públicos, logicamente – seria por demais freudiano.

Homens são conquistadores.

Aí você vai começar a encontrar a ponta de sua resposta. A cruel realidade é que não temos espamos ejaculatórios ao enfiar nossos paus em um local apertado, escuro e, por vezes, sujo.

O real prazer está na conquista. Mais especificamente na entrega. Sexo anal é o mais consensual de todos. A mulher precisa de confiança plena para se doar a seu parceiro e relaxar o suficiente para permitir a penetração. É um ato louco de amor, tesão e submissão, divido não igualmente entre as três partes.

Alcançar esse nível de intimidade é de uma satisfação similar a escalar o everest com as próprias mãos, sem equipamentos e sem ajuda dos guias Sherpas. Afinal, o caminho só pode ser trilhado em dupla. Não há vagas para uma torcida, “Vai, está indo bem, um pouco mais de força, campeão!”.

A entrada é suave, e em partes, pequenos estágios que podem se dividir em mais de uma noite, até que a dama esteja suficientemente preparada para que o fato se conume em toda sua extensão. Leia-se, ir até o final, em um gozo não-hollywoodiano, mas ainda sim animalesco, intenso, único.

O pós-sexo será seguido por um longo abraço e pedido de aconchego por parte dela. Ele, de peito estufado, um pavão em toda sua glória, diante da fêmea. Vão arfar em conjunto, sincronizar a respiração e compartilhar um momento lindo, verdadeiramente lindo. Ela vai rever sua posição sobre o assunto, afinal, descobriu que pode sentir prazer. Ele, vai se sentir um mestre. Pois se tornou um pequeno homem ao comer sua primeira namoradinha. Mas só agora pode dizer que realmente entende a alma feminina – e nem de longe entende. Vai fazer um olhar assim meio Nelson Rodrigues e se virar de lado, contemplando a beleza da situação.

Ter uma mulher completamente entregue em nossos braços. Esse sim é o gozo supremo!


Fonte: Com Informações Do Papodehomem