Geral

População versus bandidagem · 17/09/2013 - 15h11 | Última atualização em 22/07/2014 - 09h57

Mais um! População reage a assalto e apedreja assaltante na zona Leste

DEPOIS QUE MULHER MATOU BANDIDO, mais gente parece faz justiça com as próprias mãos


Compartilhar Tweet 1



Na manhã de terça (17/09) um suspeito de assalto foi perseguido e apedrejado por população do bairro Pedra Mole, zona Leste de Teresina. Indignada, a população não está mais aguentando os atos de covardia, e até mesmo de ousadia, nesse caso, desses assaltantes.

Um homem, ainda não identificado, fez uma onda de assaltos na zona Leste de Teresina. Ao todo, foram sete. Depois do acontecido, as vítimas foram se aglomerando e decidiram sair em busca do acusado.

O assaltante estava utilizando um revólver para realizar os roubos, mesmo assim os moradores não se deixaram intimidar e decidiram ir atrás dele. O que mais surpreendeu a todos, foi a audácia do bandido, em realizar esses sete roubos.

Depois que a população conseguiu encontrar o bandido, próximo a um metalúrgica, o cercaram, e começaram a atacá-lo com pedras. Quando percebera que a objeto de fogo, que ele utilizou para fazer os assaltos, não tinha munição, a população "caiu" em cima do bandido.

Inclusive, foi nessa metalúrgica, que ele iria realizar seu próximo assalto, quando foi surpreendido pela população. O bandido ainda conseguiu ferir os trabalhadores da mesma, com o cabo da pistola.

O ato de linchamento só foi cessado quando um policial, à paisana, passava pelo local e avistou uma multidão atacando um homem. Imediatamente avisou a polícia militar sobre o ocorrido e tentou conter a situação, enquanto os PMs chegavam.

As pedradas foram tão fortes, ou o medo do bandido foi maior, que ele acabou desmaiando.

Próximo ao matagal, de onde o bandido foi apedrejado, os policiais encontraram uma moto, que supostamente seria utilizada por ele como auxilio na fuga.

"A população não aguentando mais. Estão fazendo justiça com as próprias mãos. Nós não aconselhamos esse tipo de justiça", disse o Ten. Cel. Alberto Menezes em reportagem a TV Cidade Verde.

IMAGENS REPRODUÇÃO TV CIDADE VERDE

RELEMBRANDO UM FATO SEMELHANTE
O assunto 'reagir à bandidagem' (ou, como queiram chamar, 'justiça com as próprias mãos') está em discussão no Piauí esses dias. Na manhã da última segunda-feira (16/09), uma professora de Medicina, Mayara Machado, depois de ter sua bolsa roubada, perseguiu, atropelou e matou o assaltante. Veja:

MULHER SEGUE BANDIDO, DERRUBA MURO E O MATA

MULHER QUE MATOU ASSALTANTE É PROFESSORA DE MEDICINA

PROFESSORA PRETENDE SE APRESENTAR E EVITAR FLAGRANTE