Geral

Férias de militares suspensas · 01/07/2020 - 08h17 | Última atualização em 01/07/2020 - 08h46

Polícia Militar registra sete óbitos e cerca de 500 afastamentos devido a Covid-19

Com relação ao efetivo policial, que ficou prejudicado por conta dos afastamentos, o comandante falou das medidas tomadas para reforçar o contingente


Compartilhar Tweet 1



A Polícia Militar do Piauí registrou sete óbitos de PMs por conta da pandemia do coronavírus. Segundo o comandante, coronel Lindomar Castilho, em entrevista ao programa Notícia da Manhã, da TV Cidade Verde, mais de 300 militares foram infectados.

Quase 500 militares foram afastados. Atualmente, sete estão internados no Hospital da Polícia Militar e 80 estão em quarentena domiciliar.

"Muitos foram afastados de forma preventiva. Estamos em guerra e na guerra existem baixas, pois estamos na linha de frente juntamente com o pessoal da saúde, mas estamos tendo o cuidado de ter o aparato para cuidar dos policiais", disse o comandante.

Com relação ao efetivo policial, que ficou prejudicado por conta dos afastamentos, o comandante falou das medidas tomadas para reforçar o contingente.

"Nós tomamos medidas para não haver prejuízo na parte operacional, como a questão das férias. Todas as férias dos policiais estão suspensas até que passemos pela pandemia. Normalmente temos 800 policiais por mês tirando férias, e nós cancelamos. Então esse contingente, que deveria estar de férias, é que está dando suporte para substituir os policiais que estão se recuperando dessa grave doença", disse.


Comentários