Geral

Organizar rede de atenção · 24/08/2017 - 09h51

Plano de Prevenção ao Suicídio no Piauí é lançado em evento na APPM

Foram 152 mortes por suicídio registradas no Piauí em 2016,


Compartilhar Tweet 1



Acontece nesta quinta-feira (24/08), em evento na sede da Associação Piauiense de Municípios (APPM), o lançamento do Plano Estadual de Prevenção ao Suicídio, elaborado com a intenção de organizar o trabalho junto às famílias, preparando médicos, psicólogos, assistentes sociais, e profissionais da área.

Presente no lançamento, o governador Wellington Dias (PT) destaca que o plano foi debatido tecnicamente e cientificamente com as famílias, e pessoas que vivenciam, conhecem profissionalmente sobre o tema.

"Não é razoável que o Piauí tenha alcançado no indicador de suicídios, estar entre os maiores do Brasil", disse o governador, destacando parceria com universidade italiana, a fim de investigar e diagnosticar as principais causas dos casos ocorridos no Piauí.

O plano apresenta um mapa, apontando municípios com maior incidência de suicídios, e prevê a implantação de fluxos e protocolos de acolhimento e manejo de pessoas que tentaram ou cometeram suicídio para as redes de Atenção à Saúde (SUS), Educação, Segurança e Socioassistencial (Suas).

- Fotos: Isabel Ribeiro

Segundo dados fornecidos pelo governo do Estado, foram 152 mortes por suicídio registradas no Piauí em 2016, o que torna o estado com a maior taxa de mortalidade no país, com 7,6 por 100mil/habitantes.

O Seminário Estadual de Prevenção e Posvenção ao Suicídio segue até esta sexta-feira (25).