Geral

Recursos federais · 07/02/2019 - 09h18

Piauí recebe R$ 41 milhões para obras de manutenção em oito barragens

Ontem, o MDR apresento os planos de ações para 139 barragens que serão recuperadas pelo Governo Federal


Compartilhar Tweet 1



O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) autorizou a liberação de R$ 41 milhões para obras de manutenção e recuperação de oito barragens no Piauí. 

Os recursos deverão ser investidos nos seguintes reservatórios

  1. Barragem do Bezerro (José de Freitas)
  2. Pedra Redonda (Conceição do Canindé)
  3. Petrônio Portella (São Raimundo Nonato)
  4. Emparedado (Campo Maior)
  5. Bocaina (Bocaina)
  6. Cajazeiras (Picos)
  7. Barreiras (Fronteiras)
  8. Ingazeiras (Paulistana)

As obras só serão autorizadas pela Defesa Civil quando o governo do Estado do Piauí apresentar os contratos com as empresas que serão responsáveis pelos serviços, pois os recursos só poderão ser usada em ações de prevenção de desastres.

Plano de recuperação de barragens

Ontem, o MDR apresento os planos de ações para 139 barragens que serão recuperadas pelo Governo Federal. Os diagnósticos apontam medidas e estratégias necessárias à reabilitação de barramentos que reservam água para diversos usos em 14 estados, nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. Apesar de demandarem atenção, as estruturas não apresentam risco iminente de rompimento.

O Plano de Ações Estratégicas para Reabilitação de Barragens da União (Planerb) é resultado de uma cooperação técnica entre o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) no Brasil. Os estudos e as propostas apresentados estão de acordo com a Lei nº 12.334/2010, que estabelece a Política Nacional de Segurança de Barragens. O material tem como objetivo garantir o cumprimento das determinações presentes na legislação.

As 139 barragens que serão recuperadas estão distribuídas nos seguintes estados: Ceará (31), Pernambuco (26), Bahia (26), Minas Gerais (15), Rio Grande do Sul (10), Rio Grande do Norte (7), Piauí (5), Santa Catarina (4), Paraíba (4), Alagoas (4), Maranhão (3), Rio de Janeiro (2), Sergipe (1) e Paraná (1).


Fonte: Com informações do MDR

Comentários