Geral

Condenação da Justiça Federal · 10/09/2018 - 18h01 | Última atualização em 11/09/2018 - 07h46

PI: prefeito que contratou doméstica com recursos públicos é condenado

Contratação irregular de sua cozinheira para Educação, mas fazia serviços domésticos


Compartilhar Tweet 1



A Justiça Federal no Piauí, por meio da Subseção de Corrente, condenou ex-prefeito do município de São Gonçalo do Gurgueia, Anderson Luiz Alves Figueiredo, e a sua cunhada, Verlane de Azevedo Figueiredo, então secretária de Educação, à pena de cinco anos e três meses de reclusão pelo crime de desvio de recursos públicos.

Segundo a sentença, os réus remuneraram os serviços domésticos da residência do então prefeito com dinheiro público, mediante contratação irregular de sua cozinheira como servidora pública da Educação, mas que prestava unicamente serviços domésticos.

O juiz federal Jamyl de Jesus Silva acolheu a denúncia para sentenciar os réus à pena de prisão e, ainda, à inabilitação para cargo ou função pública eletiva ou de livre nomeação, pelo prazo de cinco anos e a ressarcir o erário no valor de R$ 2.566,88, devidamente corrigido, correspondente aos salários pagos indevidamente à empregada dos réus.

CONFIRA O TEOR DA SENTENÇA

 


Comentários