Geral

Enfrentamento ao coronavírus · 05/04/2021 - 16h34

Número de leitos de UTI no Piauí já é maior do que o do pico da pandemia em 2020

Número de leitos de UTI no Piauí já é maior do que o do pico da pandemia em 2020


Compartilhar Tweet 1



O Piauí alcançou, no último dia 2 de abril, a marca de 461 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes Covid-19, instalados em toda a rede de saúde do Estado (hospitais públicos e privados). O número já superou o total de leitos de UTI existentes em 5 de agosto de 2020, no pico da primeira onda da pandemia, quando havia 460 unidades instaladas.

O total de leitos clínicos disponibilizados para pacientes com a doença também é o maior desde o início da pandemia. No último dia 2 de abril, havia 1.116 leitos, contra 1.034 no dia 10 de junho de 2020. Isso mostra que o Governo do Estado vem tomando todas as providências para evitar mais danos ao sistema de saúde, já que o número de infectados aumentou muito no mês de março.

Segundo dados da Secretaria de Saúde do Piauí (Seapi), foram internados 1,1 mil pacientes com Covid-19 em março de 2021, tanto em leitos clínicos, quanto nos de UTI. É o recorde de hospitalizações em um mês, ultrapassando em 27% o recorde anterior, que foi de 863 pessoas internadas, em julho de 2020, pior mês da primeira onda da pandemia. Além disso, o total de hospitalizados em março de 2021 é mais do que o dobro do verificado em fevereiro de 2021 (549 pessoas).

Esse crescimento acelerado colapsou o sistema de saúde do Piauí: o nível de ocupação dos leitos de UTI está em 95% e dos clínicos, 70%. Por isso, segundo dados da Sesapi, nesta segunda-feira (5), existem 129 pacientes com Covid-19 esperando uma vaga em leitos de UTI e 23 uma vaga em leitos clínicos.

Apesar dos esforços do Governo do Estado em aumentar a quantidade de leitos, o crescimento acelerado de novos infectados preocupa a Sesapi. Devido à grave situação da Covid-19 no Piauí, as autoridades sanitárias apelam para que a população evite aglomerações, use sempre máscara e faça a constante higienização das mãos. “Somente com a conscientização de todos é que vamos vencer a Covid-19”, adverte o governador Wellington Dias.

 


Fonte: Com informações da Ascom

Comentários