Geral

Mercado de trabalho · 07/03/2016 - 15h49

Mulheres assumem liderança de equipes em áreas antes exclusivamente masculinas

A empresa hoje conta com as mulheres liderando muitas de suas principais equipes


Compartilhar Tweet 1



Da metade do século 20 até os dias de hoje, a mulheres foram ganhando dia após dia maior participação no mercado de trabalho. Isso já não é mais novidade, mesmo sabendo que diferenças ainda existem. Mas nos últimos anos, elas passaram a conquistar mais postos estratégicos em grandes corporações e em setores econômicos como o Imobiliário e de Construção, espaços antes predominantemente masculinos. Esta é uma realidade, por exemplo, na maior urbanizadora do país, a Alphaville Urbanismo. A empresa hoje conta com as mulheres liderando muitas de suas principais equipes.

Numa empresa deste setor onde metade dos quase 600 colaboradores é do sexo feminino, a participação das mulheres entre os líderes de equipe é crescente. Além das 3 diretoras que comandam os setores e das 3 superintendentes, nos últimos quatro anos o número de gerentes mulheres cresceu 17,4% (jan/13-jan/16), somando hoje 27. Elas lideram equipes de até 54 pessoas. O departamento de negócios é o mais feminino da empresa. Lá, o número de mulheres pulou de 28 (jan/14) para 45 (jan/16) em apenas três anos. Essa equipe é responsável por gerenciar todos os profissionais envolvidos no desenvolvimento de um novo empreendimento.

“A equipe de Negócios requer amplos conhecimentos financeiros e de operações, gerenciando diversas atividades separadas dentro da companhia. Temos hoje no mercado um número muito grande de mulheres aptas a desempenharem estes papéis. É mais uma barreira vencida para a igualdade no ambiente corporativo”, diz Claudia Yassuda, diretora de Negócios da urbanizadora.

Como não poderia ser diferente, a participação maior das mulheres reflete nos residenciais desenvolvidos pela empresa. A diretora de Produto e Marketing, Katia Oliveira, explica que os projetos da Alphaville são pensados para o ganho de qualidade de vida de todos os moradores, que precisa de olhares abrangentes. “Ao desenvolver um novo projeto, temos que pensar no melhor para toda a família, sendo importante conhecer as prioridades tanto das mulheres quanto dos homens. Este casamento de ideias nos ajuda a desenvolver empreendimentos mais completos”, diz.