Geral

Caso levado à Polícia · 23/07/2019 - 10h03 | Última atualização em 23/07/2019 - 17h14

Morte de animais em condomínio na zona Leste levanta suspeita de envenenamento

Quatro gatos e uma cadela morreram nos últimos dias após apresentarem sintomas de intoxicação; donos procuram a polícia


Compartilhar Tweet 1



Por Apoliana Oliveira

A morte de pelo menos cinco animais nos últimos dias tem preocupado e gerado revolta entre os moradores do condomínio Ville D’Leste, localizado no bairro Uruguai, zona Leste de Teresina. A suspeita é que os bichos tenham sido envenenados.

Um dos animais mortos pertencia a Thatyanne Oliveira. A cadela Pérola, de três anos, morreu no último sábado (20), poucos minutos depois de apresentar sintomas de intoxicação. 

Cadela Pérola morreu 30 minutos após apresentar sintomas de intoxicação
Cadela Pérola morreu 30 minutos após apresentar sintomas de intoxicação 

“Ela saiu para dar uma volta, e quando chamei, que ela retornou, demorou pouco começou a gritar, muito alto, chorando. Saiu correndo pelo apartamento. Saímos com ela para o Hospital Veterinário da UFPI, mas uns 30 minutos depois ela morreu, nos meus braços, não deu tempo”, relata a moradora. 

No HVU, os veterinários levantaram a suspeita de morte por envenenamento. 

Já a moradora Josefa Francisca de Lima perdeu dois gatos, a fêmea Nina e o macho Pitoco. “Eles sempre ficavam na varanda. Colocamos a ração para eles e deixamos a luz acesa. Quando chegamos da missa, a gatinha Nina, começou a miar, sentindo dor. Depois começou a sair da boca dela uma espuma branca, bem consistentemente”, relata. 

Josefa perdeu dois animais de uma vez
Josefa perdeu dois animais de uma vez 

Ao procurar Pitoco, Josefa conta que já o encontrou desmaiado. “Uma amiga nossa, veterinária, estava chegando e sugeriu levar à clínica, apesar de alertar que dificilmente eles aguentariam. Mas levamos. Botaram o Pitoco no oxigênio, mas não teve jeito”.

Animais foram levados para uma clínica, mas não resistiram
Animais foram levados para uma clínica, mas não resistiram 

A moradora diz que então voltou para casa e, numa busca rápida pelo jardim, encontrou pedaços de frango espalhados pela área, misturado com o que pareciam ser grãos de “chumbinho”, comumente usado para matar ratos. Ela fez imagens, recolheu tudo e levou para a clínica. Ao 180, ela não descarta que o moradores, insatisfeitos com a presença dos animais, estejam envolvidos na morte dos pets. 

Pedaços de frango, com o que parecem ser grãos de
Pedaços de frango, com o que parecem ser grãos de "chumbinho", foram encontrados pela moradora 

“Eram animais que não ofereciam perigo. Dávamos vacina, remédio para verme. Tínhamos o cuidado de alimentar apenas com ração. E o que mais revolta é que deixaram na nossa porta”, reclama. 

Diante da morte dos animais, ela procurou a polícia para registrar Boletim de Ocorrência, e também juntou exames e comprovantes das despesas na clínica para buscar por justiça. Os moradores estudam agora instalar câmeras no condomínio. O Ministério Público Estadual também será acionado.

Um dos vários animais encontrados mortos pelos moradores. Caso foi denunciado à Polícia
Um dos vários animais encontrados mortos pelos moradores. Caso foi denunciado à Polícia 

O 180graus procurou a administradora Condomine, que é responsável pela administração do Ville D’Leste. Num primeiro contato, a ligação chegou a ser atendida, mas nos foi informado que a pessoa responsável, de nome Paulo, não estava no momento. Em nova tentativa de contato, por volta de 10h, as ligações não foram mais atendidas. Também tentamos contato via WhatsApp com a pessoa de nome Paulo, mas as mensagens não foram respondidas até o fechamento desta matéria. 

Ligações ao número foram recusadas.

Ville D'Leste é administrado pela Condomine. Ligações para esclarecer fatos não foram atendidas
Ville D'Leste é administrado pela Condomine. Ligações para esclarecer fatos não foram atendidas 

 


Comentários