Geral

Disponível nas UBS de Teresina · 04/08/2020 - 10h16

FMS passa a disponibilizar canetas para aplicação de insulina em diabéticos

Para receber as canetas de insulina, basta que pessoas que se encaixam nesses requisitos dirijam-se às UBS


Compartilhar Tweet 1



A partir do dia 14 de agosto, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) passará a oferecer canetas aplicadoras de insulina para pessoas com diabetes do tipo 1 e 2, de até 16 anos e a partir dos 60 anos. O dispositivo estará disponível nas 64 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Teresina e vai permitir que o tratamento seja mais simples, prático e confortável, já que substitui o método convencional de aplicação da insulina com seringa.

Para receber as canetas de insulina, basta que pessoas que se encaixam nesses requisitos dirijam-se às UBS. “Os pacientes terão acesso ao dispositivo logo após avaliação médica na Unidade. Eles poderão receber as canetas e insulinas NPH e regular na farmácia desses locais”, afirma o gerente da farmácia da Atenção Básica, Handerson Lima.

Ele explica ainda que as equipes das UBS irão tirar dúvidas dos usuários sobre a forma de uso desses novos materiais. “As canetas são mais fáceis de manusear do que as seringas. Elas também têm botão para dosagem de insulina de acordo com a prescrição médica. É um tratamento mais simplificado para crianças, jovens e idosos.  Com essa nova tecnologia, a FMS pretende atingir maior controle glicêmico desse público”.

Atualmente, a Fundação tem cadastrado no e-SUS 25.849 pacientes com diabetes, que são monitorados pelas UBS. “Essas Unidades realizam acompanhamento de usuários com doenças crônicas, como diabetes. Eles também recebem medicações e insumos para controle e tratamento da doença”, afirma o presidente da FMS, Manoel de Moura Neto.

O diabetes é uma doença crônica caraterizada pelo aumento de glicose no sangue e que não tem cura, mas tem controle. É essencial que o usuário tenha alimentação adequada, faça exercícios físicos e utilize as medicações de acordo com as orientações médicas. As complicações do diabetes podem atingir coração, olhos, nervos, rins, artérias podendo até mesmo levar a morte do indivíduo e o tratamento realizado de forma adequada pode retardar ou prevenir todos esses problemas.


Fonte: Com informações da PMT

Comentários