Geral

Imagens foram divulgadas · 29/06/2015 - 21h02

Família de Cristiano Araújo vai processar clínica por danos morais

Funcionários do local filmaram a preparação do corpo do cantor antes de velório


Compartilhar Tweet 1



A família de Cristiano Araújo já está tomando providências sobre o vazamento das imagens que mostravam a preparação do corpo do sertanejo na Clínica Oeste, em Goiânia. A advogada da família, Amelina Morais, explicou nesta segunda-feira, 29, que já foram tomadas medidas para protocolar uma ação civil indenizatória de danos morais contra o local.

"As medidas da ação civil foram encaminhadas contra a clínica", disse Amelina. Nas imagens vazadas, dois funcionários aparecem trabalhando e mostrando a preparação do corpo de Cristiano Araújo para a cerimônia de sepultamento.

Sobre a ação contra os responsáveis pela divulgação dos vídeos, Amelina afirmou que vai esperar o término das investivações da polícia. "Precisamos esperar o inquérito policial que vai determinar os responsáveis", contou a advogada.

A representante da família de Cristiano Araújo explicou também que caberá ao juiz decidir o valor da indenização, de acordo com a gravidade e as circunstâncias do caso, assim como a comprovação da extensão do dano causado.

Google e Facebook
Na quinta-feira, 25, a advogada conseguiu uma liminar contra o Facebook, dono do WhatsApp, e o Google, responsável pelo YouTube, determinando a retirada dos vídeos vazados. As imagens foram compartilhadas no site de vídeos e compartilhadas via programa de mensagens.

Amelina falou que as empresas foram notificadas nesta segunda-feira, 29, e espera que com essa ação elas possam coibir a exibição dos vídeos e das fotos mostrando o corpo de Cristiano Araújo.

Clínica vai demitir os responsáveis pelo vídeo

Em nota oficial, divulgada em perfil no Facebook, a Clínica Oeste informou que os dois funcionários que prepararam o corpo do sertanejo serão demitidos. Veja o comunicado na íntegra:

"Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo a divulgação de imagens do corpo do cantor Cristiano Araújo, a Clínica Oeste vem a público informar que repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens.

A clínica tem como procedimento orientar sua equipe que, inclusive, assina regulamento interno de trabalho e Ordem de Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho individual para cada caso, documentos estes que proíbem que toda e qualquer etapa do trabalho desenvolvido na empresa seja gravado, fotografado e, principalmente, divulgado.
Diante do erro cometido por dois funcionários de seu quadro profissional, a clínica informa que não é conivente com este tipo de conduta e que já tomou as providências legais para efetuar as demissões por justa causa.

A Clínica Oeste existe há quatro anos e reitera seu compromisso com a ética, a transparência, o zelo pela prestação do serviço e o respeito às famílias, e se solidariza com todos os que, como ela, repudiam tal ato."


Fonte: Com informações da Ego