Geral

Mensagens no WhatsApp · 20/09/2019 - 10h52

Fábio Abreu desmente ameaça de massacre em escola; prints de Santa Catarina

Mesmo com a informação, Secretaria de Segurança reforçou policiamento no entorno do Colégio Mérito D'Martonne


Compartilhar Tweet 1



Por Apoliana Oliveira

A divisão de inteligência da Polícia Civil do Piauí conseguiu identificar que parte dos prints que circulam nas redes sociais, desde a última quarta-feira (18), informando sobre um possível ataque à escola Mérito D'Martonne, em Teresina, são na verdade oriundos do estado de Santa Catarina.

"Fizemos contato com a inteligência da Polícia Civil e parte daqueles prints são oriundos do estado de Santa Catarina, quando mostra aquela arma, de um jovem que também expôs essa arma, em Balneário Camboriú. Então, não procede", avisa o secretário de Segurança, Fábio Abreu.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Deputado Fábio Abreu (@depfabioabreu) em

Apesar disso, a Polícia continua atenta a qualquer movimentação na escola e em seu entorno, avisa o secretário. "Mas que a população fique sabendo a respeito do que nós conseguimos apurar até o momento. E continuamos fazendo essa apuração para esclarecer todos os fatos".

Sobre os prints

As mensagens informavam que, nesta sexta-feira (20), a escola seria palco de um massacre planejado por um grupo terrorista. Nos prints das conversas, supostos alunos trocaram imagens de armas e combinavam o horário da ação.

Fazia ainda o alerta para que os alunos não fossem para aula, e que professores e monitores fossem alertados da dita ameaça.

Diante dos prints, a direção da escola registrou Boletim de Ocorrência, para que as ameaças fossem investigadas. Hoje, o policiamento no entorno da escola foi reforçado, e assim permanecerá ao longo do dia.


Comentários