Ação Penal -

Autorizado compartilhamento de denúncia do GAECO contra empresário do Piauí com a Polícia Federal

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

Foto: ReproduçãoThiago Duarte assume coordenação na Secretaria Municipal de Governo
_Thiago Gomes Duarte

Na decisão que recebeu a denúncia ofertada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO/MP-MA) contra Thiago Gomes Duarte - dono da Distribuidora Saúde & Vida e então candidato a deputado federal no Piauí pelo partido Republicanos - e outros, no âmbito da Operação Fleming, é autorizado o compartilhamento de informações dos autos com mais órgãos que integram a Rede de Controle, inclusive o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado no Piauí (GAECO/MP-PI) e Polícia Federal.

O recebimento da denúncia traz a assinatura dos juízes integrantes da Vara Especial Colegiada dos Crimes Organizados do Termo Judiciário de São Luís, Raul José Duarte Goulart Júnior (Juiz de Direito Titular do 1º Cargo), Marcelo Elias Matos e Oka (Juiz de Direito Titular do 2º Cargo) e Maria da Conceição Privado Rêgo (Juíza de Direito Titular do 3º Cargo).

“Deferimos o pedido de compartilhamento dos autos e de todas as medidas cautelares que acompanham para encaminhamento de cópia à Receita Federal, Polícia Federal, Controladoria-Geral da União, Ministério Público de Contas do Estado do Maranhão e ao Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas do MP/PI, a fim de que possam apurar a prática de eventuais outros crimes, bem como de atos lesivos à administração nos termos da Lei nº 12.846/ 2013 (Lei Anticorrupção Empresarial)”, decidiram os magistrados.

VEJA DETALHES DA DECISÃO COLEGIADA QUE RECEBEU A DENÚNCIA do GAECO:

- EXCLUSIVO: Justiça do MA recebe denúncia do GAECO contra então candidato a deputado pelo Piauí

Comentários

Trabalhe Conosco