Geral

Vários assaltos relatados · 10/08/2018 - 09h04

Após reclamações, guarda Municipal de Teresina amplia efetivo no Parque da Cidadania

Os guardas estarão em pontos estratégicos do Parque da Cidadania, visando proporcionar mais segurança aos frequentadores


Compartilhar Tweet 1



Após muitas reclamações por parte dos usuários do Parque Estação da Cidadania, com relação a assaltos, a Guarda Civil Municipal de Teresina resolveu ampliar o efetivo no local. Agora, são 14 guardas, ao todo, realizando o trabalho de patrulhamento preventivo e assistência à comunidade na região. O trabalho da Guarda Municipal ocorre entre as 16h e 21h30, horário de funcionamento do Parque. Após esse horário, o trabalho na área é de responsabilidade da Polícia Militar.

De acordo com Lucijane Ibiapina, da Guarda Municipal, os guardas estarão em pontos estratégicos do Parque da Cidadania, visando proporcionar mais segurança aos frequentadores. “A partir das 19h, estaremos com quatro equipes. Uma, com três guardas na entrada do estacionamento do Parque; outra equipe, com quatro guardas no meio do espaço; a terceira equipe, com quatro motos e mais uma equipe na entrada”, explica.

Além do Parque da Cidadania, a atuação da Guarda acontece nas praças da Bandeira, Rio Branco, Fripisa e dos Skatistas; Parques Lagoas do Norte e Parque Encontro dos Rios; Centro Unificado de Esporte e Lazer (CEU) Sul e Norte e Complexo Esportivo José Ponce Filho (Parentão); além do Centro Pop, Parque Floresta Fóssil, Restaurante Popular de Teresina e Corredores e Terminais de Integração do Itararé, do Parque Piauí e Bela Vista.

O órgão atua, ainda, em ações do Programa Vila Bairro Segurança, no caso, os projetos “Teresina Protege” e “Educando para Prevenir”. A Guarda Civil Municipal foi criada pela Lei Complementar n° 3.834 e iniciou, oficialmente, as atividades no dia 24 de janeiro de 2017, com a função primordial da proteção do patrimônio público e assistência à comunidade. A população pode entrar em contato com a Guarda pelo número 153.


Fonte: Com informações da Ascom

Comentários