Danos morais -

MC Livinho é condenado na Justiça por agredir músico

A Justiça paulista determinou que o cantor MC Livinho pague uma indenização de R$ 10 mil por danos morais a Eliezer Heleno de Souza, conhecido como MC Gerex. A decisão foi proferida pela juíza Daniela Ximenes, da 2ª Vara Cível do Foro Regional I, Santana, em São Paulo. Com informações do Metrópoles.

Foto: Reprodução

O processo teve início após Gerex alegar ter sido agredido fisicamente por Livinho durante um show realizado em Indaiatuba, São Paulo, no dia 24 de agosto de 2019. Segundo Gerex, sem motivo aparente, Livinho desferiu três socos em sua face, causando lesões e obrigando sua retirada do local, além de gerar temor de novas agressões.

A juíza considerou que os fatos apresentados por Gerex superam os limites do mero aborrecimento, configurando uma lesão aos direitos da personalidade. Livinho não contestou a ação, sendo decretada sua revelia pela Justiça.

Além da indenização por danos morais, Gerex iniciou outra ação contra MC Livinho, desta vez por rescisão contratual, cobrando uma multa de R$ 5 milhões. Alega-se que a agressão sofrida por Gerex sem motivo razoável gerou perda de confiança na relação entre as partes, justificando a rescisão do contrato de agenciamento musical firmado entre eles. O caso está em tramitação na 35ª Vara Cível de São Paulo.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco