Stand-up -

Leo Lins faz piadas capacitistas e debocha de Ivan Baron

O comediante Leo Lins está enfrentando críticas e controvérsias após sua apresentação de stand-up na turnê "Peste Branca" em Belo Horizonte, Minas Gerais, no último sábado (16/09). Durante o espetáculo, Lins fez uma série de piadas que foram consideradas ofensivas, envolvendo a condição física e mental de grupos deficientes. Com informações do IgGente.

Foto: Reprodução

Em um dos momentos do show, Lins imitou Ivan Baron, um influenciador de inclusão, de maneira jocosa, fazendo gestos que se referiam à paralisia cerebral de Ivan. Essa ação provocou risadas da plateia. Em outro trecho, Lins fez críticas aos "militantes" e descreveu o grupo como confuso e divergente em suas pautas.

Ivan Baron, alvo das piadas de Leo Lins, se pronunciou nas redes sociais, denunciando o ataque capacitista que sofreu durante o show. Ele expressou sua indignação com o comediante por estereotipar suas características físicas e movimentos corporais, usando sua condição de paralisia cerebral como piada.

Além disso, durante a apresentação, Lins fez piadas envolvendo portadores de autismo, esquizofrenia e pessoas com hidrocefalia. Suas palavras foram recebidas com risos do público presente.

A equipe de Ivan Baron informou que medidas judiciais estão sendo tomadas contra Leo Lins. Eles argumentam que esse tipo de humor, que humilha e discrimina, não deve ser tolerado e que as vítimas não querem ser o motivo da piada, mas sim se divertir de forma inclusiva.

Leo Lins, conhecido por seu humor politicamente incorreto e controverso, enfrentou ações judiciais anteriores por promover discurso de ódio e enredos discriminatórios contra diferentes grupos, incluindo negros, pessoas com deficiência e nordestinos. Recentemente, teve R$ 300 mil bloqueados em suas contas bancárias devido a essas acusações.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco