Daniel Alves se manteve em silêncio -

Justiça diz sim e Daniel Alves vai depor no fim de julgamento em Barcelona; entenda

A juíza Isabel Delgado acolheu a solicitação da defesa de Daniel Alves, apresentada nesta segunda-feira (05/02), permitindo que o jogador preste depoimento apenas no encerramento do julgamento relacionado à acusação de agressão sexual contra uma mulher em Barcelona. Com informações do BNews.

Foto: Reprodução/instagram

Embora o jogador brasileiro tenha comparecido no primeiro dia das audiências, realizado nesta segunda-feira, ele apresentará sua defesa após o depoimento da suposta vítima, testemunhas, peritos e outros profissionais envolvidos no caso. A previsão é que o atleta se pronuncie na próxima quarta-feira.

Inés Guardiola, advogada de Daniel Alves, também solicitou a suspensão do julgamento oral, abordando diversos pontos em sua argumentação. Ela mencionou um período inicial de investigações sem o conhecimento do jogador, no qual ele poderia ter realizado um teste do bafômetro, além da recusa do juiz de instrução em permitir um segundo perito para examinar a denunciante.

A defensora de Daniel Alves também expressou preocupações quanto a um "julgamento paralelo" na imprensa que poderia ter influenciado o magistrado. Ela destacou a situação econômica difícil do lateral-direito, incluindo uma dívida de meio milhão de euros (R$ 2,7 milhões) com a Fazenda da Espanha, uma conta no país com 50 mil euros (R$ 267 mil) e outra com saldo negativo de 20 mil euros (R$ 107 mil).

Durante a exposição da advogada, Daniel Alves permaneceu em silêncio. Tanto a promotoria quanto a equipe da denunciante rebateram os argumentos, e o tribunal prosseguiu com o julgamento.

Para esta segunda-feira, estão programados os depoimentos da suposta vítima do jogador, de uma amiga e de uma familiar da denunciante. Essas três pessoas estavam na boate Sutton na noite de 30 de dezembro de 2022, quando a acusação de estupro contra Daniel Alves teria ocorrido.

Fonte: BNews

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco