Sob multa de R$ 50 mil -

Justiça determina quebra de sigilo bancário de Luva de Pedreiro

A Justiça do Rio de Janeiro determinou a quebra de sigilo bancário do influenciador Luva de Pedreiro, cujo nome real é Iran de Santana Alves, em meio a uma disputa legal com seu ex-empresário, Allan Jesus. Allan acusa Luva de Pedreiro de quebra de contrato, e o processo está em andamento na 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca. Com informações do R7.

Foto: Reprodução

Conforme a decisão do juiz da 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca, Luva de Pedreiro tem um prazo de 15 dias, a partir de 6 de setembro de 2023, para fornecer todos os extratos de sua conta bancária, bem como os contratos celebrados com empresas com as quais fechou parceria nos últimos 12 meses. Esta medida visa esclarecer as questões relativas aos valores efetivamente recebidos pelo influenciador, conforme indicado no despacho do juiz.

O influenciador alegou não possuir recursos financeiros suficientes para quitar a dívida e fez um depósito de R$ 3.000 como sinal de sua intenção de cumprir com as obrigações contratuais. Esse depósito funciona como uma "poupança" até a conclusão do processo judicial. Caso Allan seja considerado vencedor na ação, o valor correspondente à quebra de contrato já está reservado para pagamento.

A disputa legal entre Luva de Pedreiro e Allan Jesus ainda está em curso, e a quebra de sigilo bancário visa fornecer esclarecimentos sobre a situação financeira do influenciador no contexto do processo.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco