Caso segue em investigação -

Homem é preso após esfaquear madrasta: “Senti vontade de matar”

Um homem de 23 anos foi preso em flagrante, na noite de quarta-feira (14/03), após tentar matar a madrasta esfaqueada. O crime ocorreu por volta das 20h50, na Estrutural, no Distrito Federal. A suspeita é que ele estava em “surto psicótico”. As informações são do Metrópoles.

O crime ocorreu após uma discussão. O agressor teria dito para a mulher: “Você acha que eu tô brincando”. Então, pegou uma faca e tentou acertar a cabeça dela. As agressões só não foram mais graves porque o jovem for contido por familiares.

A Polícia Militar (PMDF) foi acionada e prendeu o jovem em flagrante por tentativa de feminicídio.

Em depoimento à Polícia Civil (PCDF), o preso afirmou que se considera uma “pessoa violenta” e que tem “problemas psicológicos”. Ele ressaltou que “não teve motivo nenhum, apenas sentiu vontade de matar” a madrasta.

Ele chegou a confessar que já havia tentado matar a própria mãe quando era menor de idade.

Assédio sexual

A vítima foi encaminhada ao Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). À polícia, relatou que ela e a filha eram assediadas sexualmente pelo enteado, e que a relação com ele “sempre foi extremamente complicada”.

No dia do crime, o autor, segundo a madrasta, tirou uma foto do pênis e mostrou para a sua filha. Durante a noite, o agressor chegou em casa e começou a ofender a mulher, dando início à discussão. O caso segue em investigação.

A faca usada no crime foi apreendida e levada à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam I), na Asa Norte.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco