Um total de R$ 36 mil · 23/01/2020 - 11h15

Gracyanne Barbosa vai à Justiça após sofrer calote


Compartilhar Tweet 1



O Carnaval de Gracyanne Barbosa nem começou direito e, pelo jeito, a musa está irritada. Segundo a coluna de Fábia Oliveira, a estilista responsável por confeccionar as peças que ela usaria nos ensaios da União da Ilha teve problemas que atrapalharam suas apresentações. As informações são de Metrópoles.

Gracyanne afirmou ter encomendado cinco roupas diferentes, em um total de R$ 36 mil, pagos à vista para a designer mineira Patrícia Nascimento. O material foi enviado duas vezes com as medidas erradas, fazendo com que a influenciadora desistisse dos pedidos e requeresse seu dinheiro de volta.

Porém, ela afirma que não recebeu os valores. “Ela desenhou as peças, eu gostei, mas não me enviou nada do combinado. As peças nem pareciam ter minhas medidas. Mandei de volta, porque ela me pediu outra chance. Eu sou muito tranquila com roupas. Não dou palpite, deixo o profissional trabalhar o que gosta, mas novamente ela me enviou um vestido que não serviu nem na minha irmã que pesa 20 quilos a menos que eu”, contou.

Gracyanne conta que entrou em contato com a estilista, mas não obteve resposta. “Mandei tudo de volta e pedi pra devolver meu dinheiro. Como ela faz alta costura, imaginei que seria correta. Ela fez três vestidos de festa em outras situações pra mim e mesmo não me conhecendo pessoalmente acertou. Honestamente, não sei o que houve. Entendo que as pessoas têm problemas, mas se fazer de morta não é legal. Minha advogada está em contato e ela também não responde. Levamos o caso à Justiça”, garante.

À coluna, por meio de um representante, a estilista afirmou que devolveu 70% do valor combinado, algo acordado em contrato, por meio de um depósito realizado nessa quarta-feira (22/01/2020). Nascimento afirma que as roupas foram devolvidas na véspera do pagamento.

Gracyanne nega esse acordo. “É mentira. Ela tem que me devolver tudo. As roupas nunca foram usadas. E mesmo assim o valor que ela depositou às pressas depois que vocês entraram em contato, não corresponde a 70% do valor total que foi pago”, afirma.


Comentários