Veja o que viveu lá dentro · 09/07/2020 - 16h35

Famoso puteiro visitado por Luana Piovani em Lisboa tem até sexo ao vivo ; Saiba Mais


Compartilhar Tweet 1



Se o falecido site Ego dizia que uma famosa quebrou a internet ao usar uma roupa reveladora, Luana Piovani atualizou esse conceito ao dizer que adora puteiros após a Coluna do Leo Dias descobrir que a atriz visitou uma casa de saliência famosa em Lisboa. Para quem está curioso e quer saber o que a apresentadora viu e viveu lá dentro, a coluna te conta agora. As informações são do Metrópoles

    REPRODUÇÃO

O Elefante Branco sempre foi um point conhecido na noite de Lisboa, até que fechou em 2016. Mas, para a felicidade das moças de família, a casa reabriu em 30 de janeiro desse ano. Porém, nem pense em chegar no local com qualquer roupa. Por lá, o dress code exigido na entrada é clássico e quem frequenta costuma dar como conselho sempre levar um amigo.

Localizada na Rua do Conde de Redondo, o local mais lembra uma boate com luz baixa, e até o funk carioca toca por lá. Em fevereiro, Me solta, de Nego do Borel, dominava a pista. Todos os funcionários vestem camisa e calças pretas, com o detalhe nada básico de uma gravata dourada. No meio dos clientes andam cerca de 20 mulheres com salto alto, levando o decote ao limite, além de vestidos curtos e colados.

Num dos salões, há até TV para quem quiser assistir jogo de futebol, mas ninguém olha para a tela. Depois da 0h é quando o verdadeiro espetáculo acontece: ao som de rock, duas mulheres tiram os vestidos e ficam apenas de fio dental e sutiã. Rolam até tapas nas bundas! Já sem roupa, elas começam a fazer sexo oral uma na outra, segundo reportagem do site português Nit. Quando terminam o show, sentam no colo de alguns clientes. Tudo isso em apenas dez minutos.

Depois, homens e mulheres começam a sair juntos, já que no meio do público nada acontece além do show proibido para menores. No andar de baixo fica o restaurante, onde é possível jantar e realizar eventos privados. E dizem que o bife do local é o mais famoso do país.

No banheiro masculino, há quadros de posições sexuais pendurados em paredes vermelhas. O feminino é bem menor e há apenas espelhos. Assim que alguém sai do toilete, uma mulher dá uma toalha com o símbolo da casa noturna frequentada por Luana Piovani essa semana, para que sequem as mãos. Além disso, o local conta com quatro armazéns para guardar todas as bebidas e, claro, vinhos divididos entre nacionais e importados.

Os mais animados conseguem reservar uma sala privada que pode ser ocupada por até 11 pessoas. Não há custo extra para o uso, mas é obrigatório consumir algo da casa. O local conta com parede em tom vinho e decoração dourada. Os preços do menu são mais altos do que bares da redondeza, mas o responsável pela casa garante que é mais barato que o praticado em outros estabelecimentos desse tipo.


Comentários