Novo empresário de Iran · 04/07/2022 - 14h27 | Última atualização em 04/07/2022 - 14h37

Falcão diz que Allan não vai receber 30% dos contratos do Luva; ouça


Compartilhar Tweet 1



Após a coluna LeoDias noticiar que Luva de Pedreiro precisará repassar 30% do valor dos seus contratos ao seu ex-empresário, Allan Jesus, por determinação judicial, o mais novo empresário do influenciador, Falcão, disse à nossa equipe que isso não irá acontecer. Segundo áudio exclusivo do ex-jogador de futsal, Allan só terá direito à sua parte dos contratos de quando ainda gerenciava a carreira de Iran Santana Alves. As informações são da coluna do Léo Dias no Metrópoles.

    Reprodução

“Ele tem os direitos sobre os contratos fechados, até acho justo, direito dele, desde que o menino também receba o que é de direito dele. Mas, como eu falei, sobre o direito das operações feitas. Daqui pra frente, as operações já não serão mais dele, automaticamente ele passa a não ter direitos”, comentou Falcão.

Segundo a liminar, Luva terá que repassar 30% do faturamento de novos contratos para Allan, até chegar aos R$ 5,2 milhões, valor da rescisão contratual entre Iran e ele.

Para Falcão, o caso do influenciador em relação a Allan será resolvido na Justiça, reforçando que é contra qualquer tipo de ataque ao ex-empresário e sua família: “O que é dele tem que ser dele por justiça, o caso dele com o Iran vai ser resolvido. E nós chegamos a partir de agora, qualquer problema, muito pelo contrário, a gente é contra as pessoas atacarem ele e a família dele, do ex-empresário.”

O novo empresário do fenômeno das redes sociais ainda reforçou, mais uma vez, que deseja que ambos os lados recebam os valores aos quais têm direito, em relação aos contratos da época em que Allan ainda cuidava da carreira de Luva. “Que seja resolvido do contrato de vigência com os direitos de ambos e que daqui pra frente, ele, obviamente, não terá mais direitos”, finalizou.

 

Ouça o áudio de Falcão:

PostMídia: (86) 9 8803-2794

Comentários