Daniel Alves está sendo julgado -

Caso Daniel Alves: Duas mulheres acusam brasileiro de assédio na boate

Antes de enfrentar a denúncia de estupro contra uma jovem dentro de uma boate em Barcelona, Espanha, em dezembro de 2022, Daniel Alves é acusado de ter assediado duas outras mulheres. Essas acusações foram feitas em depoimento nesta segunda-feira (05/02) perante o Tribunal de Justiça espanhol, no segundo dia de seu julgamento. Com informações do BNews.

Foto: reprodução/globo

De acordo com as alegações das supostas vítimas, ele teria tocado indevidamente as nádegas delas. Tanto uma amiga quanto uma prima da mulher que fez as acusações contra o ex-lateral-direito da Seleção Brasileira relataram que estavam com a suposta vítima naquela noite e testemunharam que Daniel Alves as convidou para a área VIP.

As identidades das vítimas não foram reveladas. Com 40 anos, o brasileiro foi preso em janeiro do ano anterior e está sob prisão preventiva desde então. Inicialmente, ele negou qualquer envolvimento sexual com a mulher, alegando não a conhecer.

Posteriormente, ele admitiu ter tido uma relação sexual consensual com ela no banheiro da boate, reiterando que sua negação inicial foi motivada pela proteção de seu casamento.

Fonte: BNews

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco