Os ataques vieram da web -

Após vencer processo de guarda contra ex Karina Bacchi é atacada

Karina Bacchi enfrentou críticas nas redes sociais nesta quinta-feira(14/09), após obter uma decisão favorável em um processo contra seu ex-marido, Amaury Nunes. Com informações do IG Gente.

Foto: Reprodução

A disputa dizia respeito à guarda do filho da apresentadora, na qual a Justiça não reconheceu o empresário como pai legal da criança. Enrico, o filho de seis anos de Karina, é fruto de um procedimento de fertilização que ela realizou em 2017, antes de seu casamento com Amaury, quando ela decidiu tornar seu sonho de ser mãe realidade.

O casal se separou em 2022, e em fevereiro deste ano, Amaury expressou publicamente que estava há nove meses sem ver o menino, lamentando a distância entre eles. O caso teve grande repercussão nas redes sociais após a sentença da juíza Léa Maria Duarte, do Tribunal de Justiça de São Paulo, e muitos internautas criticaram Karina.

Alguns comentários na web questionaram as ações de Karina em relação a Amaury. Uma internauta expressou sua indignação: "O que você fez com o seu filho, acha que vai pagar no céu? Vai queimar no inferno. Coisa terrível... O cara querendo ser pai e você aí, só porque o casamento não durou, não deixa." Outra pessoa decidiu deixar de seguir Karina, afirmando: "Você prega o amor, mas não vive. Exclui o pai de ser pai." Alguém a chamou de "grande atriz", alegando que ela não cumpria o que pregava: "Prega o amor de Deus para os outros, mas não vejo metade do que fala. Triste, né? Mas essa é você."

Outra seguidora expressou sua confusão, observando que, apesar de Karina ser evangélica (crente), não entendia a postura do povo evangélico nessa situação. A internauta argumentou que Amaury esteve envolvido desde o começo, desde a gravidez até a criação do filho, e agora isso estava sendo cortado abruptamente, chamando-o de egoísmo. Uma internauta lançou um comentário mordaz, chamando Karina de "a crente de Taubaté", insinuando que ela estava impedindo o pai de ver seu próprio filho, independentemente de ser ou não o pai biológico.

Fonte: IG Gente

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco