Polêmica -

Ana Hickmann e marido acumulam R$ 14,6 milhões em dívidas, diz banco

A apresentadora Ana Hickmann, seu marido, Alexandre Correa, e a empresa do casal, Hickmann Serviços Ltda, enfrentam um montante de R$ 14,6 milhões em dívidas, conforme apontado em levantamento do Banco Safra. O banco utilizou essas informações para solicitar o bloqueio de bens do casal, pedido que foi indeferido no início deste mês. Com informações do Metrópoles.

Foto: Reprodução

As dívidas, originárias de 46 processos de cobrança movidos contra o casal e sua empresa no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), incluem empréstimos bancários, taxas de condomínio e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

O casal está separado desde o último sábado (11/11), quando Ana Hickmann registrou um boletim de ocorrência por lesão corporal e violência doméstica contra seu marido, em sua residência em Itu, interior de São Paulo. Nesta segunda-feira (13/11), Alexandre Correa confessou a agressão.

O Banco Safra solicitou o bloqueio de bens do casal em um processo no qual cobra uma dívida de R$ 356 mil referente a um empréstimo feito em maio. O banco alega que Ana Hickmann e Alexandre Correa não cumpriram o compromisso de pagamento em 36 parcelas mensais, com início em julho.

O juiz Evandro Lambert de Faria negou o pedido de bloqueio de bens, destacando que a existência de outras execuções contra os devedores não justifica a constrição patrimonial nessa fase processual.

Outro processo envolve uma dívida de R$ 1,2 milhão com o Banco do Brasil (BB). Alexandre Correa, por sua vez, classificou a cobrança como predatória e gananciosa, afirmando que a postura do banco foi considerada assim devido a uma negociação que se tornou mais rígida.

Em outubro, a Hickmann Serviços Ltda foi notificada em um processo com valor superior a R$ 2,4 milhões, movido por uma cooperativa que alega não ter recebido o pagamento de um empréstimo. A defesa do casal optou por não se manifestar sobre os processos por questões éticas.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco