Entenda -

Treinador não aceita críticas e pede demissão no intervalo

No confronto entre Real Brasília e Brasiliense neste domingo (12/05), o Brasiliense saiu vitorioso por 2 a 1, garantindo a liderança isolada do grupo A5 da Série D do Campeonato Brasileiro. O jogo foi marcado por reviravoltas não apenas no placar, mas também nos bastidores da equipe.

Foto: Reprodução/Instagram

Durante o intervalo, o técnico Paulo Roberto Santos, descontente com as críticas recebidas do presidente do clube devido à performance da equipe no primeiro tempo e nos jogos anteriores, optou por renunciar ao comando, juntamente com sua comissão técnica. Assim, o médico do Brasiliense, Jorge Oliva, assumiu a beira do campo para orientar os jogadores no segundo tempo, tornando-se o único membro da comissão técnica remanescente.

Destacando-se na partida, o atacante Kaio Nunes, ex-jogador do Real Brasília, foi decisivo ao marcar os dois gols da vitória do Brasiliense, consolidando a liderança da equipe na competição. Não procede a afirmação de que a substituição tenha sido feita pelo ex-treinador, no intervalo.

Confira a nota do Brasiliense:

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco